Destaques Esporte

Passense espera liberação do Starling

Por Ézio Santos / Especial

21 de agosto de 2020

Foto: Divulgação

PASSOS – A diretoria do Passense já está se mobilizando para a disputa do Campeonato Mineiro da Segunda Divisão anunciado pela Federação Mineira de Futebol (FMF). O estádio Municipal Geraldo Starling Soares, onde o clube deve mandar seus jogos, passou ser o principal obstáculo em razão da reforma de suas dependências e para atender as exigências do Corpo de Bombeiros, cujo projeto foi elaborado pelo Departamento Municipal de Obras, Habitação e Serviços Urbanos foi aprovado.

O secretário Municipal de Esporte, Lazer e Juventude, Flávio Sarno, o Mamão, disse jamais vai impedir que o Passense atue na Segundona em Passos, mas o problema é o início da obra que deve ocorrer ainda neste ano.

Com o sinal verde dos bombeiros e o recurso financeiro federal liberado, serei obrigado a abrir o processo licitatório logo, logo. A empresa vencedora vai interditar temporariamente o estádio para executar os serviços e aí não haverá condições de se praticar o futebol”, explicou.

Mamão revelou que no encontro com os dirigentes do Passense, as principais solicitações são ceder o gramado, banco de suplentes e os vestiários, porque não será permitida a entrada de torcedores em razão da pandemia causada pelo no coronavírus.

O único quesito que não está liberado são os bancos de suplentes porque ano passado houve a tentativa de melhorias em parceira com a diretoria do Passos FC, mas não foram concluídas. Como as arquibancadas estarão sem público, atletas e dirigentes podem ocupá-las”, sugeriu.

O presidente do Passense, Rogério Jesuíno dos Santos, informou que espera solucionar o problema o mais breve possível.

Engraçado que a pandemia pode até nos ajudar, porque mesmo sem a reforma do Starling, há possibilidades de mandarmos nossos jogos na cidade, porque o número de pessoas envolvidas em uma partida é bem reduzido. Já estamos preparados para cumprir o protocolo sanitário de barrar o contágio do coronavírus exigido pela FMF dentro no estádio. Do contrário, a nossa opção é executar o Plano B, ou seja, mandar os jogos no campo do Flamengo de Divinópolis”, afirmou.

O dirigente alviverde contou que na próxima terça-feira, dia 25, alguns membros da diretoria vão a Belo Horizonte para um encontro com o presidente da Federação, Adriano Guilherme de Aro Ferreira.

Além de conhecê-lo pessoalmente, vamos levar todas as nossas dúvidas também aos seus assessores. Por isso acredito que ao voltarmos de lá as devidas providências serão tomadas para que o Passense tenha o Starling Soares como sua casa oficial”, declarou Rogério.

Com a sugestão de alguns torcedores, mas decisão final da diretoria, o novo escudo do clube foi criado nas cores verde, branca e a sigla CEP. Através das redes sociais Facebook e Instragam as pessoas interessadas podem participar do concurso para a escolha do mascote do Passense. O prazo de votação encerra-se às 19h deste sábado, dia 22. As sugestões são: leão, papagaio, touro e sortudo. Uma camisa do time de Passos é o prêmio a ser sorteado.

Arbitral

De acordo com a FMF, como a Segundona pode ser disputada por qualquer equipe do Estado que venha atender o protocolo e regulamento, vai depender do número de clubes interessados. Em caso de poucas adesões a competições corre risco de não acontecer. O prazo de inscrição já está aberto e expira dia 28 deste mês, próxima
sexta-feira.

Para se habilitar, o clube deve ser profissional, filiado à FMF, estar regular, ativo e possuir licença de funcionamento para 2020 concedida pela entidade. Os clubes que desejarem disputar o campeonato se submeterão aos protocolos sanitários e de higiene de combate ao coronavírus vigentes à época da realização de treinos e jogos. A reunião do Conselho Técnico que será convocado mediante ofício encaminhado aos clubes habilitados será realizada no dia 3 de setembro na sede da Federação.

ESTE É O NOVO DISTINTIVO DO CLUBE ALVIVERDE DE PASSOS. / Foto: Reprodução