Destaques Geral

Passense é primeira brasileira a vencer a Copa de Danças Árabes do mundo

Adriana Dias / Redação

29 de junho de 2021

Nathany usou uma sala do Palácio da Cultura, em Passos, como cenário para seu material que concorreu à Copa

PASSOS – A dançarina passense Nathany França conquistou no último domingo, 27, o prêmio de melhor apresentação do Orientalisimo 2021 – a Copa de Danças Árabes do mundo -, com a apresentação criada para representar o Brasil no exterior em diversos eventos. Ela é a única brasileira na história de todo o evento, a chegar até a final e conseguir premiação.

De acordo com Nathany, em outras edições já tiveram brasileiras competindo, porém, não foram finalistas e não chegaram a receber prêmios. As maiores pontuações do evento foram designadas 1°, 2° e 3° lugares, e premiações de “Melhor apresentação” (Fusão) prêmio de Nathany França, Melhor coreografia, melhor cenário, melhor criatividade e melhor Imagem (filmagem).

“Desta forma foi possível premiar de maneira justa as ganhadoras, afinal houve muitos empates, e chegar neste resultado foi difícil, segundo os jurados, afinal numa copa mundial de dança, certamente todas as competidoras são de alto nível”, contou a dançarina.

Os países com premiações e colocações especiais foram a Espanha, a Ucrânia, o Brasil, a Argentina, a Hungria, a Colômbia e o Japão. As vencedoras ganharão cursos, especializações, certificados, medalhas e todas participarão do evento presencialmente em Barcelona no ano de 2022.

Os critérios de avaliação foram minuciosos e exigentes em mínimos detalhes. Para participar, Nathany precisou enviar fotos profissionais e gravações também em qualidade. Os cenários de gravação foram do Palácio da Cultura de Passos. O traje da música clássica é um modelo criado exclusivamente para Nathany França, chamado traje Fênix, do ateliê, Lu Castro de São Paulo, e o traje para a Fusão, foi feito pela estilista Patrícia Lara, e bordado por Nathany.

Trajetória

No início de 2021 foi dada a largada para os preparativos da maior Copa de Danças Árabes do mundo, o Orientalísimo, localizado em Barcelona.

Há alguns anos o evento produz grandes apresentações e desde 2016 possui caráter competitivo se tornando uma Copa Mundial onde os melhores do mundo podem competir entre si.

Neste ano de 2021, em modo virtual, devido à pandemia Nathany França foi selecionada para representar o Brasil. O evento passa por diversas eliminatórias, sendo uma pré-seleção, em que são convidadas bailarinas com grandes premiações e destaque no quadro mundial dança (que foi onde tudo começou e onde Nathany foi escolhida para representar o Brasil, após isto temos a primeira fase: Fase de gravações de dois vídeos, onde os melhores vídeos são classificados e expostos na página oficial do evento.

Após as avaliações, o júri composto apenas por artistas internacionais da dança seleciona as melhores apresentações para serem finalistas e dali os prêmios serão definidos.