Destaques Esporte

Passense de 18 anos renova com o Cruzeiro por mais três anos

Ézio Santos/ Especial

29 de junho de 2021

WESLEY FOI PARA O TIME CELESTE DE BELO HORIZONTE QUANDO TINHA POUCO MAIS DE 13 ANOS

PASSOS – O atacante passense Wesley, de 18 anos, renovou semana passada seu vínculo contratual com o Cruzeiro EC de Belo Horizonte por mais três anos. Serão mais três anos na Toca da Raposa I e até o final deste ano terá pela frente a disputa de importantes campeonatos como o Estadual e Brasileiro, em andamento, além da Copa do Brasil.

Juninho ou Negão, como é também chamado no clube ou entre amigos, retornou às atividades normais recentemente. Logo no início da temporada, sentiu uma lesão grave no joelho direito e ficou mais de dois meses em tratamento médico. “Ele estreou no time sub-20 dia 23 deste mês contra o AC Três Corações, mas ainda é cedo para mostrar seu futebol como no ano passado, quando foi artilheiro de quase todos os campeonatos que disputou”, afirmou André Albino, professor de Wesley desde os seis anos de idade na Escolinha da Prefeitura de Passos.

“Estou muito feliz em renovar meu contrato com o Cruzeiro. Estou no clube desde os meus 13 anos, meu carinho e gratidão são imensas. Vou continuar me dedicando nos treinamentos para que eu possa evoluir cada dia mais e defender essa camisa”, declarou.

Nascido em 2003, Wesley possui no seu currículo convocações para a seleção brasileira sub-17. Foi artilheiro do Campeonato Mineiro sub-15 e do estadual sub-17.

O também passense, Hamilton de Souza, de 52 anos, é outro responsável pela chegada de Wesley no clube de BH. Careca, como era conhecido nacionalmente, foi ídolo cruzeirense desde 1980, com passagens por vários clubes, inclusive o Sporting de Portugal, e vestiu a camisa da seleção brasileira em 1988 e 1989. O professor, desportista e político natural de Passos, Hélvio Vieira Maia, é mais uma pessoa que contribuiu muito para o atacante se tornar jogador alvi-celeste.

Os familiares e amigos mais próximos do jovem atleta moram no bairro Santa Luzia, em Passos. Na capital mineira, desde quando assinou contrato com o Cruzeiro, reside em um apartamento com a mãe Creonice Silva. Segundo André, seus direitos trabalhistas são administrados por uma empresa esportiva com sede em Belo Horizonte e credenciada pela CBF.