Destaques Geral

Paraíso tem mais um caso confirmado de novo coronavírus

1 de Maio de 2020

S.S. PARAÍSO – A Secretaria de Saúde de São Sebastião do Paraíso anunciou um novo caso de coronavírus no município na tarde de quarta-feira, 29. Segundo informações da pasta, o paciente já se recuperou dos sintomas da doença e já pode deixar o isolamento em casa. Além deste, a cidade tem outro caso recuperado e uma morte confirmada pela covid-19.
Em boletim epidemiológico divulgado através de suas redes sociais, a Prefeitura atualizou para três o número de casos confirmados de pacientes com o novo coronavírus, sendo que dois deles se recuperaram completamente da doença e deixaram a quarentena. Já o outro caso – o primeiro registrado em Paraíso – culminou na morte de uma mulher de 72 anos no início deste mês.

A morte da idosa, inclusive, foi motivo de polêmica na cidade. No início da semana, o vereador Marcelo Morais compartilhou em suas redes sociais cópia do exame realizado pela Fundação Ezequiel Dias (Funed), cujo resultado para a covid-19 era “não detectável”. Houve, então, um questionamento dos números da doença divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde.
Pouco depois, a Prefeitura emitiu uma nota esclarecendo que o teste realizado pela Funed identifica a presença do vírus no organismo no momento do exame, mas não marca a presença de anticorpos na paciente, o que caracteriza um resultado “falso negativo”. “Vários fatores podem apresentar o falso negativo, como sensibilidade do teste, data da coleta, temperatura conforme está especificado no próprio resultado. O Ministério da Saúde recomenda a coleta de amostra até o 7º dia após o início dos sintomas. O resultado não detectável em amostras coletadas após este período não exclui a possibilidade de infecção por vírus respiratórios”, completou.

A Prefeitura ainda explicou que, além do exame da Funed, a Santa Casa de Paraíso contratou o teste do laboratório Hermes Pardini, que apontou que a idosa realmente havia morrido por causa do novo coronavírus. Durante a transmissão ao vivo na tarde de quarta-feira, o diretor técnico da Santa Casa, Luciano Constantini, confirmou a situação e explicou que o diagnóstico não é feito apenas com um exame isolado, e sim por um procedimento mais complexo e que envolve diversos profissionais.
O médico disse ainda que orientou os familiares da idosa a respeito dos diagnósticos divergentes e esclareceu que o laboratório Hermes Pardini também é credenciado pelo Estado de Minas Gerais e que, por isso, não será necessária uma contraprova para atestar o resultado positivo para covid-19.

Ainda segundo o boletim, Paraíso tem 305 casos notificados do novo coronavírus, sendo 44 pessoas com sintomas da doença estão sendo monitoradas pela Secretaria de Saúde e 229 já deixaram o isolamento após a quarentena. Os números ainda mostram que um paciente continua internado na Santa Casa, três casos e um óbito suspeito estão sob investigação, e 30 suspeitos já foram descartados.