Destaques Geral

Paraíso adota sistema de ‘bolhas’ no retorno às escolas

24 de setembro de 2021

Volta às aulas será em sistema será híbrido: pais poderão escolher se filhos frequentarão aulas presenciais

S. S. PARAÍSO – A Prefeitura de São Sebastião do Paraíso, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SME), definiu como funcionará a dinâmica do retorno às aulas, que acontece na primeira semana de outubro. No município, as aulas presenciais funcionarão em sistema híbrido, ou seja, uma semana presencial e outra remota. No entanto, os pais irão decidir se os filhos frequentarão ou não as aulas presenciais.

Segundo informações da Prefeitura de Paraíso, na quarta-feira, 22, diretores das unidades de ensino e coordenadores pedagógicos da rede se reuniram para alinhar as ações que envolverão o retorno às atividades na escola. O sistema será por meio de “bolhas”, já que existe o limite de alunos por turma respeitando os protocolos de distanciamento.

Na primeira semana, nos dias 4, 5 e 6 de outubro, será aula presencial da bolha 1; nos dias 7, 8 e 11, a aula será remota; nos dias 13, 14 e 15, será aula presencial da bolha 2; nos dias 18 a 22, aula presencial da bolha 1; do dia 25 a 29, aula remota. As aulas presenciais, até o fechamento do ano letivo, seguirão essa dinâmica.

Conforme o secretário municipal de Educação, Lucas Cândido de Oliveira, mesmo com a mudança no protocolo sanitário diminuindo o distanciamento em sala de aula para 90 centímetros, as turmas trabalharão em formato híbrido, ou seja, em rodízio, sendo facultativo o retorno presencial.

Durante a reunião também foram tratados assuntos referentes ao calendário escolar, protocolo sanitário, retorno das aulas de música, intervenção pedagógica, educação física e salas de recurso. A SME está organizando, durante esta semana, um alinhamento com as merendeiras, sendo comandado pela nutricionista Renata Pessoni.

“Aproveitamos esta reunião para alinhar a acolhida e organização das práticas escolares, as quais serão determinantes para a garantia de um retorno próspero no atual contexto, pois estamos trabalhando para que os educadores e alunos sintam-se novamente engajados e encorajados”, afirma o secretário de Educação.