Destaques Esporte

Pandemia prejudica preparação do Passense

Por Ézio Santos / Especial

30 de setembro de 2020

FLÁVIO QUEIROZ REVELOU QUE O PASSENSE PODE JOGAR EM CAMPINAS NO FINAL DE OUTUBRO. / Foto: Divulgação

PASSOS – Enquanto não chega a data da estreia no Campeonato Mineiro de Segunda Divisão, o Clube Esportivo Passense continua preparando o elenco. Em razão da pandemia do novo coronavírus, o técnico Flávio Queiroz tem se limitado a realizar treinos táticos e físicos. A equipe faz sua primeira partida na competição no dia 24 de outubro, em São Sebastião da Bela Vista, contra o Santarritense FC, pelo Grupo A.

A crise epidemiológica tem nos prejudicado bastante. Obedecendo ao protocolo da Secretaria Municipal de Saúde, além de não podermos realizar treinos coletivos devido à aglomeração entre os atletas, novas contratações ficam inviáveis no momento. Enquanto isso temos que trabalhar e, aos poucos, definir uma base sólida para o time estrear no campeonato”, avaliou Queiroz.

Hoje, o grupo é composto por 26 jogadores – a grande maioria com menos de 23 anos.

Posso afirmar, sem medo de errar, que, se a Segundona começasse hoje, 18 já estariam aptos a entrar em campo. Temos pouco menos de dois meses para deixar o time pronto para a estreia, e uma vitória fora de casa é muito importante para a arrancada rumo ao título”, ressaltou o técnico.

O convite para um amistoso em Campinas (SP), no dia 24 de outubro, contra o time alternativo do Guarani, que disputa o Brasileirão da Série B, foi recebido no fim de semana por Queiroz.

Estamos analisando a possibilidade. Por enquanto, não respondemos positivamente aos dirigentes do Bugre campineiro por causa da viagem, que foge diretamente das regras de combate à covid-19”, afirmou Queiroz.

Em relação ao time sub-20, comandado pelo técnico Tim, os trabalhos tiveram início na semana passada, mas com apenas 16 atletas. A comissão técnica analisa a possibilidade de realizar, na primeira quinzena de outubro, uma peneira para garimpar mais jogadores e completar o grupo.