Destaques Esporte

Palmeiras e Santos se enfrentam na grande final da Libertadores

30 de janeiro de 2021

Palmeiras e Santos brigam para conquistar o tão sonhado troféu da competição. / Foto: Divulgação

São Paulo – Hoje, sábado, 30, a Libertadores conhecerá o grande campeão da temporada 2020. No estádio do Maracanã, Palmeiras e Santos se enfrentam, às 17h, para buscar a glória máxima e garantir uma vaga na disputa do Mundial de Clubes.

Ainda com algumas dúvidas para a grande final, o Palmeiras tenta repetir a ótima atuação diante do River Plate para se sagrar campeão. Apesar disso, o técnico Abel Ferreira citou a importância de impor o estilo de jogo do alviverde diante do rival.
As principais incertezas na escalação estão no setor de meio e de ataque. No meio-campo, Zé Rafael e Patrick de Paula brigam por uma posição ao lado de Danilo, que deve vencer a concorrência com o experiente Felipe Melo.

No ataque, Rony e Willian disputam a titularidade para formar dupla com Luiz Adriano. No restante da equipe, o Palmeiras deve manter os principais jogadores para buscar o bicampeonato. Desta forma, o Verdão deve ir a campo com: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Viña. Danilo, Zé Rafael (Patrick de Paula), Gabriel Menino e Raphael Veiga; Luiz Adriano e Rony (Willian).

Com menos dúvidas do que o rival, o Santos chega para a decisão com boa parte do time titular definido. Mesmo assim, Cuca confia na variação de posição dos jogadores dentro de campo para superar o rival. Uma das questões pendentes é quem será o goleiro titular. Após se recuperar de Covid-19, John vem sendo escalado nos últimos testes do Peixe e desponta como favorito para herdar a posição de titular.

Além dessa dúvida, o Santos também avalia o setor de meio-campo. Com o retorno do capitão Alison, Cuca deve optar pela experiência e escalar o líder santista na grande decisão. Desta forma, o jovem Sandry vai para o banco de reservas. Assim, o Peixe deve ir a campo com: John (João Paulo); Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca e Lucas Braga; Marinho, Soteldo e Kaio Jorge.