Destaques Esporte

Palestras

30 de junho de 2020

Atletas, treinadores e demais agentes ligados ao esporte de alto rendimento vão poder aprender mais sobre investimento financeiro, mercado de trabalho e como se preparar para aposentadoria no ciclo de palestras virtuais da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social de Minas Gerias (Sedese-MG). Ao todo, serão cinco palestras gratuitas, que começam ontem e vão até sexta-feira, às 17h, na página da secretaria nas redes sociais.

Alta

Após sofrer acidente de carro na última sexta-feira, 26, o volante Henrique, do Cruzeiro, recebeu alta hospitalar ontem e seguirá sua recuperação em casa. O superintendente médico do clube, Daniel Baumfeld, destacou que o atleta deve estar em breve apto para voltar a treinar. O Cruzeiro agradeceu as “orações e mensagens de apoio” ao camisa 8 e também a “compreensão dos profissionais de imprensa diante da importância do ocorrido”.

De volta

O atacante Thiago voltou a treinar no Cruzeiro depois de testar negativo para a COVID-19. Ele havia sido afastado das atividades em razão do resultado inconclusivo de um exame anterior que tentava detectar a presença novo coronavírus em seu organismo. De acordo com o clube, Thiago seguiu os protocolos de segurança e saúde, permanecendo em quarentena em casa por 15 dias e agora pôde retornar aos treinos com Enderson Moreira.

Esportivo

A diretoria Executiva do Clube Esportivo de Futebol anunciou ontem o falecimento de Ronaldo, ex-massagista da equipe profissional entre os anos 1886/1992. As causas da morte, ocorrida em Tanabi (SP), não foram reveladas pelo presidente Itamar Albino da Silva. “Obrigado Ronaldo, descanse em paz”, lamentou o dirigente alviverde passense. Ronaldo estava com 72 anos e muitos deles dedicado ao futebol, com passagens pela Associação Atlética Caldense (MG) e outros clubes paulistas.

Corinthians

A “Frente Liberdade Corinthiana” protocolou ontem uma ação na Justiça pedindo o afastamento do presidente Andrés Sanchez. O grupo de oposição é composto por membros do Conselho e sócios do Corinthians, que acreditam que o atual mandatário tem uma gestão temerária e desrespeitosa em relação ao estatuto do clube. Por meio das redes sociais, o grupo vinha anunciando nos últimos dias que tomaria uma medida que justificaria seu nome.

Acordo

O Atlético chegou a um acordo com o elenco para repactuar quatro meses de direitos de imagem, com limite de até 40% da folha integral, no decorrer de 2021. A diretoria alvinegra também definiu que a comissão técnica de Jorge Sampaoli, o diretor de futebol Alexandre Mattos e outros integrantes do departamento de futebol seguirão com corte de 25% nos vencimentos, conforme as regras da Medida Provisória 936 do Governo Federal.