Destaques Do Leitor

Olhos de garimpeiro

14 de setembro de 2020

O garimpo é uma profissão que exige coragem e determinação para que  se tenha sucesso. Além disso, o profissional do garimpo tem que ter outras características, como confiança e sobretudo a fé. Ele trabalha as riquezas naturais, nem sempre em condições favoráveis. Pode ter um a rentabilidade muito grande, mas para isso se torna  imprescindível os predicados acima citados. Quase sempre trabalha em águas insalubres, sujas e lodosas, mas nada  disso lhe direciona ao desânimo.  Acredita sempre que vai encontrar o que procura, porque seus olhos são de esperança, e assim, sabe que Deus realiza suas obras, independente de adversidades aparentes.

Trazendo as características do garimpeiro para a nossa realidade, penso  em como seria bom se tivéssemos olhos de garimpeiro para com os nossos semelhantes. As vezes aproximamos de pessoas que aos nossos olhos não nos inspiram qualquer expectativa, sendo que dali podem brotar maravilhas. Por isso, temos que ter olhos de garimpeiros e acreditar que todos  temos porções de ouro dentro de nós, ainda que latentes, apenas aguardando que sejam descobertas e trabalhadas.

Quando olhamos alguém, aparentemente em condições vulneráveis,  estejamos atentos e saibamos valorizar, até porque, não sabemos a grandiosidade de alma que pode estar dando vida àquele corpo,  as vezes disforme.
Necessário se faz também, que tenhamos os mesmos olhos de garimpeiros  conosco também, para que não desprezemos nossas próprias riquezas.

Carlos Valente – Passos/MG

Herança dos petistas

Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff desestabilizaram o Brasil. Lula surfou numa onda maravilhosa, contando com o crescimento da China. Dilma pegou o período pós-crise, que Lula chamou de marolinha. A crise de 2008 jogou a economia da Europa no chão, fechou bancos nos Estados Unidos e Dilma pegou um campo minado, com a China crescendo em ritmo menos acelerado. A pandemia acabou de enterrar o país na lama. O Partido dos Trabalhadores realizou o maior rombo dos cofres públicos e o resultado está bem na cara de todo mundo. O Brasil está totalmente falido, tanto na educação, na saúde e principalmente na economia.

José Carlos Saraiva da Costa – Belo Horizonte/MG