Destaques Geral

Obras de acesso ao Distrito Industrial devem ficar prontas em setembro

12 de junho de 2020

grandes, médias e pequenas empresas instaladas no Distrito Industrial convivem com a expectativa da conclusão da obra. / Fotos: Divulgação

PASSOS – A Concessionária AB Nascentes das Gerais vai construir a via marginal na rodovia MG-050, que possibilitará o acesso ao Distrito Industrial (DI-II) e ao Aeroporto Municipal José Figueiredo. O projeto foi apresentado na última segunda-feira, 8, pelo engenheiro Marcinei Gari ao prefeito de Passos, Renatinho Ourives, o secretário municipal de Indústria, Comércio e Turismo (Sictur) e o coordenador do escritório regional do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG), local, Frank Lemos Freire e Gaspar Ponciano da Silva, respectivamente. A previsão é que as obras sejam concluídas até setembro.

De acordo com Gari, a mesma pista lateral direita, sentido Passos a Itaú de Minas, servirá em primeiro plano para o acesso ao Distrito Industrial. Na mesma via, por aproximadamente 300 metros, será construído o trecho pavimentado e duplicado com sete metros de largura cada pista para o acesso à portaria principal da recepção do aeroporto.

O intuito da obra é realizar a segregação do tráfego local e rodoviário, e deixar acessos seguros e dentro dos padrões rodoviários”, afirmou o engenheiro.

Para Freire e Ponciano da Silva, o projeto de acessos ao distrito e ao aeroporto são importantes porque, além de melhorar a acessibilidade, vai trazer mais comodidade a todos.
Empresários

Industriários, empresários, funcionários das grandes, médias e pequenas empresas instaladas no Distrito Industrial convivem com a expectativa da conclusão da obra de duplicação da MG-050 entre Passos e o aeroporto, que está em andamento.

Antes do início dos trabalhos, na entrada improvisada de ligação da rodovia com a avenida principal e ruas transversais, onde estão instalados barracões, oficinais, fábricas etc, ocorriam muitos acidentes. Agora, já não acontece. Em breve será mais difícil ainda, porque haverá vias exclusivas para entrada e saída no distrito”, ressaltou Ugs de Souza Pinheiro, proprietário da Construtora CMP.

Para o gerente da fábrica Independência Móveis Rústico, Douglas Souza, o novo acesso ao DI-II vai melhorar muito para quem é fabricante ou vendedor.

Olha, além de ficar um pouco escondido de quem passa pela rodovia, hoje para entrar na avenida principal do distrito é difícil demais. Quando a obra de duplicação estiver concluída, tudo sinalizado, vai ser uma beleza para nós empresários. Seremos vistos”.

A Assessoria de Comunicação da Nascentes das Gerais, que administra o Sistema formado ainda pelas BR’s 265 e 491, informou que a via marginal de ligação da MG-050 ao DI-II e aeroporto está prevista e inserida no projeto de duplicação da rodovia. A previsão de conclusão das obras é para setembro deste ano.

Sobre a solicitação do prefeito Renatinho Ourives para que a concessionária instale o sistema de iluminação pública ao longo da avenida Arlindo Figueiredo, a assessoria revelou que o contrato de concessão assinado não prevê a execução da obra.