Destaques Geral

Novo diretor do Saae quer gestão inovadora

Por Ézio Santos/ Especial

14 de janeiro de 2021

ESMERALDO SANTOS FOI DIRETOR GERAL DO SAAE DE PIRAPORA (MG) POR OITO ANOS SEGUIDOS. / Por Ézio Santos

PASSOS – O novo diretor do Serviço autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Passos, na função há 14 dias, aposta numa gestão inovadora, com o objetivo de remodelar a estrutura organizacional da autarquia municipal e aperfeiçoar os serviços prestados à população. Seu principal desafio, a pedido do prefeito Diego Oliveira, é concluir a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) e atingir a coleta e tratamento de 100% dos resíduos sólidos e líquidos gerados na zona urbana do município.


Você também pode gostar de:

Tromba d’água deixa cerca de 100 desalojados em Barbacena

Para o mineiro Esmeraldo Pereira Santos, de 51 anos, natural de Coração de Jesus, cidade próxima de Montes Claros, na região Norte, assumir o Saae de Passos é uma responsabilidade imensa, por se tratar de um município de referência no Sudoeste do Estado. Por outro lado, ele disse que sabe como administrar uma autarquia municipal porque foi diretor do órgão por dois mandatos consecutivos do governo municipal de Pirapora, o segundo maior polo industrial do Norte de Minas Gerais.

O gestor revelou que ainda está no período de transição do cargo deixado por Pedro Teixeira, mas continua trabalhando como funcionário de carreira do Saae no setor contábil.

Hoje, não posso afirmar com precisão, se a casa está totalmente em ordem. Não conheço de forma integral a estrutura funcional dela, os sistemas de distribuição de água e coleta de esgoto, enfim, estou me inteirando da atual situação administrativa.  Nos primeiros dias como diretor, posso garantir que sinto o órgão quanto ao sistema operacional, mas penso em promover uma renovação no setor organizacional. Sobre a parte financeira e orçamentária, já senti que está tranquila, porém ainda estamos por finalizar o processo de transição. Outro detalhe é analisar, reavaliar, suspender, ou até cancelar se for necessário, os contratos que não tenham dotação específica. Sendo necessário, vou tomar medidas para não prejudicar o bom funcionamento de minha gestão”, declarou.


Assemae

Esmeraldo, formado em química, administração de empresas, gestão pública, pós graduado em gestão de pessoas e pedagogia empresarial, contou que, ao ser convidado pelo prefeito para o cargo, foi recomendado a finalizar as obras de construção da ETE.

Hoje, são coletados e tratados entre 60% e 70% do esgoto da cidade.  O Diego quer alcançar os 100% e com recursos próprios, nada de financiamentos. Vejo que há ótimas condições para isso e temos de priorizar esse arrojado benefício à população”, pontuou. O Plano Diretor de Água e Esgoto é outro projeto revelado por ele e deve ser executado por uma empresa especializada e contratada pelo Saae.

Esmeraldo é também o atual presidente da Associação Nacional dos Serviços Municipais de Saneamento (Assemae) em Minas Gerais. Considerado como um órgão importante na área de atuação, é sua intenção tornar Passos um dos municípios filiados. Na região Sudoeste não há nenhum associado. O mais próximo é Boa Esperança, na região Sul do Estado.