Destaques Folha Motors

Nova linha do SUV da Jeep ganha motor 1.3 turbo e plataforma de conectividade

21 de Maio de 2021

Foto: Divulgação

Após a renovação do Compass, chega a vez do novo Jeep Renegade chegar ao mercado. A principal novidade, além da plataforma de conectividade Adventure Intelligence, será no motor 1.3 turbo, cujo lançamento ocorreu no SUV maior. A boa notícia é que não deve demorar muito para acelerarmos a linha 2022 do utilitário compacto: de 30 a 60 dias.

De acordo com concessionários de todo o país consultados pelo Jornal do Carro, a linha 2022 do Renegade chegará entre o fim de junho e começo de julho. Alguns consultores afirmam que, no mais tardar, poderá estrear no final do 7º mês do ano, pouco antes do lançamento da nova geração Hyundai Creta, um de seus concorrentes diretos.

Assim como o Compass 2022, o Renegade empregará o novo motor T270 1.3 turbo flexível, que produz até 185 cv e 27,5 mkgf de torque. Atrelado a ele, estará o câmbio automático de seis velocidades. Como de costume, as versões mais caras seguirão com o 2.0 turbo diesel e, possivelmente, adotarão o tanquinho de Arla 33 para reduzir emissões de poluentes.

Ainda que seja novidade, a Jeep não vai equipar todas as versões do Renegade com o motor GSE turbo. Assim, ele só estará presente a partir da versão Longitude, segundo concessionários. Ou seja, as configurações STD e Sport deverão manter o motor 1.8 E.torq flexível de até 139 cv. Situação semelhante ocorreu com a nova Fiat Toro, que mantém o veterano motor somente na opção de entrada Endurance.

Contudo, o propulsor aspirado está com os seus dias contados. Com a chegada do 1.0 GSE turbo no novo SUV da Fiat, a tendência é que os outros lançamentos futuros do grupo Stellantis passem a adotar tal motor. Desse modo, o Renegade 2023 deverá trocar o 1.8 E.torq pelo 1.0 turbo flexível, inclusive para se adequar à próxima fase (L7) do Proconve, o Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores.


Nova versão U

De acordo com o site Autos Segredos em colaboração com a Autoesporte, a Jeep lançará uma variante inédita, nomeada “U”, para celebrar o novo motor e a nova central multimídia UConnect, que poderá ser de 10,1″. Ela ficará posicionada acima da versão Longitude na gama do SUV.

Antes mesmo de trocar de linha, a Jeep adicionou a plataforma de conectividade Adventure Intelligence na série especial de 80 anos do Renegade. Atualmente, a tecnologia entra como opcional nas configurações Longitude, Limited, Moab e Trailhawk. Entretanto, assim que a linha 2022 chegar ao mercado, o recurso deverá entrar na lista de equipamentos a partir da versão Longitude flex.

No visual, o novo SUV deverá adotar alguns elementos presentes desde a linha 2019 da sua versão europeia. Grade, para choque e faróis devem mudar discretamente, sem alterar a identidade visual do jipe, apenas adicionando um ar mais esportivo. Contudo, para diferenciar a novidade, as mudanças virão somente nas versões turbo flex