Cidadania Destaques

No dia Nacional do Doador de Sangue, um movimento para ampliar as doações

25 de novembro de 2020

Foto: Divulgação

Nesta quarta-feira, 25, comemora-se o Dia Nacional do Doador de Sangue. A data tem o intuito de homenagear os doadores voluntários e sensibilizar a população sobre a importância do ato. O dia é celebrado em novembro por, geralmente, ser um período de estoques baixos nos bancos de sangue. Soneu Ferreira Luiz, de Passos, é doador de sangue há 21 anos e conta que foi motivado pelo exemplo de outras pessoas.

O que me fez virar doador foi ver outros doadores voluntários, isso me incentivou a fazer o mesmo. Fico muito alegre e satisfeito por saber que estou saudável o bastante para ajudar o próximo. Já doei 50 vezes e estou me preparando para ir doar novamente”, contou.

Doador voluntário há mais de 13 anos, Gilson Simonal de Oliveira, de Passos, revela que, na primeira vez que tentou doar, não conseguiu em razão de seu peso.

Quando eu era mais novo tentei doar uma vez, mas por pesar apenas 41 quilos não permitiram. Passados muitos anos minha mãe ficou doente, teve aneurisma, ficou internada e precisou de doador, aí fui doar e gostei. Eu gosto de doar e sempre estou doando, voluntariamente mesmo. Toda vez que vou doar fico sem beber e sem fumar, sempre faço questão de ir em jejum”, disse.

Segundo Audir Abreu de Abreu Júnior, também doador voluntário, o mais importante é poder ajudar os pacientes.

Sou profissional da área da saúde e entendo a importância que o sangue tem para atender muitos pacientes da região, pacientes com câncer, doenças cardíacas, entre outras. Para poder ajudar esses pacientes, a gente faz um esforço e doa. Sou doador há dez anos e já doei 35 vezes ao longo desses anos”, afirmou.

A coordenadora do hemonúcleo regional de Passos, Tânia Piantino, diz que o dia “é uma forma de lembrar a importância desse gesto e homenagear e agradecer aqueles que disponibilizam um pouco do seu tempo e solidariedade para salvar vidas”.


Estoques baixos em Passos

De acordo com Tânia, o hemonúcleo de Passos está enfrentando uma queda nos estoques devido às fortes chuvas e aos feriados prolongados. Além disso, em razão da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o quadro vem se agravando nos últimos meses.

A Hemominas já passou por momentos críticos em outras situações, mas jamais por um tempo tão prolongado. Como em toda a rede Hemominas, estamos necessitando de todos os tipos sanguíneos, principalmente os tipos O positivo e A positivo, que estão críticos em nossa região. Lembramos que é importante que as pessoas façam o agendamento da doação por meio do site da Hemominas ou pelo aplicativo MG app – Cidadão”, explicou a coordenadora.

O hemonúcleo regional de Passos está promovendo a Semana Nacional do Doador de Sangue. Os candidatos que forem na unidade receberão lembranças alusivas à data e as pessoas com mais de dez doações receberão diplomas. No dia 25 de novembro, será realizada uma missa em homenagem a todos os doadores e servidores do Hemominas, na sede do hemonúcleo regional de Passos.