Destaques Geral

No Carmo, mulher descobre gravidez na hora do parto

Por Nathália Araújo / Redação

23 de julho de 2020

Foto: Divulgação

CARMO DO RIO CLARO – A madrugada da última terça-feira, 21, foi surpreendente e emocionante para todos os profissionais que estavam de plantão no Hospital Municipal São Vicente de Paulo, em Carmo do Rio Claro. Uma paciente, de 31 anos, descobriu que estava grávida horas antes de entrar em trabalho de parto. Com pressão arterial alta, inchaço nas pernas e fortes dores na região do ventre, a paciente deu entrada na instituição sem imaginar que, em pouco tempo, estaria feliz segurando seu bebê, realizando um sonho e ao mesmo tempo um verdadeiro milagre.
Em entrevista para a Folha da Manhã, o pai da criança, que preferiu não se identificar, disse que a surpresa foi tão grande que o casal ainda não havia conseguido decidir qual será o nome que o bebê vai receber.

Nossa família inteira está radiante com essa chegada inesperada. Infelizmente, não foi possível realizar um acompanhamento, mas graças a Deus, a criança veio com muita saúde e logo já vai poder voltar para casa. Já ganhamos muitos presentes, as pessoas estão nos ajudando muito e, aos poucos, tudo vai se acertando. Estamos muito gratos pela vida do bebê e daqui pra frente será só alegria”, revelou com emoção.

O clínico plantonista, Luís Pedro Ferreira de Assis, foi quem realizou a avaliação clínica que identificou a situação e, logo após, solicitou uma transferência para a Santa Casa de Misericórdia de Passos. No entanto, o nascimento do bebê aconteceu antes mesmo da mulher deixar o hospital.

Tudo aconteceu muito rápido, logo no início das avaliações eu já consegui sentir o corpo da criança e, após a examinação, a gravidez foi confirmada. Solicitamos vários procedimentos, porque estava claro que era uma gestação avançada, mas o que ninguém imaginava é que ela daria à luz em tão pouco tempo”, contou.

Ainda, o médico destaca que, embora tenha sido um fato inédito em sua carreira, a mãe e o bebê passam bem.

Fiquei muito surpreso porque nunca tinha atendido um caso como este. Várias vezes, fiquei me perguntando como isso foi possível porque tudo foi, realmente, inacreditável. A paciente já apresentava um quadro de ciclo menstrual irregular e talvez esse tenha sido o motivo para não suspeitar da gestação e, enquanto eu preparava a transferência, deram início ao trabalho de parto e foi um sucesso”, explicou Assis.

Para orientar sobre a importância da descoberta precoce de uma gravidez, o doutor enfatiza que algumas mulheres podem desenvolver problemas capazes de prejudicar o desenvolvimento da criança e, com o pré-natal e os cuidados necessários, os quadros podem ser tratados e controlados. Além disso, com o acompanhamento médico, é possível identificar quaisquer problemas que possam estar relacionados à formação do bebê e, deste modo, decidir as melhores alternativas para cada situação.