Destaques Geral

Matriz Senhor Bom Jesus dos Passos comemora 180 anos

2 de abril de 2020

O padre Sandro Henrique Almeida dos Santos é o idealizador do projeto. / Foto: Helder Almeida

PASSOS – Nesta sexta-feira, 3, a Paróquia Senhor Bom Jesus dos Passos, a Matriz, completa 180 anos de sua criação. O pároco Sandro Henrique Almeida dos Santos conta que estavam preparando uma celebração religiosa para agradecer a Jesus tantos anos de bênçãos e graças derramadas sobre estas terras do Sul e Sudoeste de Minas Gerais, porém, com a realidade imposta pela pandemia do coronavírus, as festividades foram adiadas, haverá celebração transmitida on line e os festejos serão comemorados na Festa do Padroeiro, em agosto.
De acordo com o padre Sandro, mesmo sem comemorar nesta data os 180 anos, a gratidão continua com a mesma intensidade. “Apesar das fragilidades dos personagens de cada época, somos um povo que sempre temeu a Deus. Esse temor é caracterizado na busca diária da Palavra de Deus e da Eucaristia, por uma grande maioria de passenses. E, na intimidade com o Senhor Jesus, vamos percebendo as graças e os milagres que são inúmeros ao longo deste imenso período de história”, afirmou o pároco.
Nesta sexta-feira, ainda conforme o padre, para marcar o momento, será realizada a Adoração ao Santíssimo Sacramento e em seguida uma Missa em Ação de Graças, começando às 19h e com transmissão pelas redes sociais da Paróquia. “A Missa Solene deixaremos para as festividades do Padroeiro, no mês de agosto, pois, esperamos que até lá esta pandemia já tenha passado”, disse Santos.
O pároco convida a comunidade a acompanhar as transmissões por meio dos links: https://www.facebook.com/matrizsenhorbomjesusdospassos/ e/ou pelo https://instagram.com/padreshenrique?igshid=jzle72md6pp7 nesta sexta feira, 03 de abril, às 19h. E também pelo youtube https://www.youtube.com/channel/UCSFb2Ovjj-otDph72GbyDiw.
A igreja Matriz como é carinhosamente conhecida, também agrega a capela de São Francisco e está em fase de construção da capela de Nossa Senhora do Carmo, no Jardim Eldorado.
Conforme o pároco a Matriz é considerada a primeira igreja por ter sido a primeira a ser elevada, antes mesmo da emancipação da vila â condição de cidade, pois, segundo historiadores era necessário haver uma igreja matriz, reconhecida pela Diocese para que pudesse se tornar município.

História

O historiador Antônio Teodoro Grilo escreveu um artigo para a Folha da Manhã na época das comemorações do Sesquicentenário da Paróquia e no texto afirma que a Matriz não é a mais antiga capela construída, pois já havia a “Capela de Santo Antônio à beira do caminho do Desemboque. É a mais antiga dos tempos do velho arraial, nos fins do século XVIII. Era velha quando chegaram as famílias de Candeias”, aponta no artigo com o título ‘Paróquia Sesquicentenária –II’.
Ainda no texto que foi modificado e tem partes extraídas do livro ‘Histórias de Passos ‘, Grilo conta que Domingos Barbosa Passos concluiu as obras da capela por volta de 1835. Nesta época teria enviado um pedido ao bispo de São Paulo a elevação da capela a Curato. O bispo então elevou com o nome de Capela Senhor Bom Jesus dos Passos, independente da Freguesia de Jacuí e Ventania.
A paróquia foi criada em 22 de fevereiro de 1840 e em 3 de abril de 1840 veio a confirmação do civil, por meio de lei da Câmara de Jacuí, a Paróquia Senhor Bom Jesus dos Passos.