Destaques Geral

Matriz São Benedito é a terceira igreja da série Roteiros da Fé

Por Adriana Dias

25 de julho de 2020

Foto: Arquivo FM

PASSOS – A Matriz de São Benedito é a terceira igreja da série Roteiros da Fé. A paróquia foi criada em 25 de março de 1952, quando se desmembrou da Paróquia Senhor Bom Jesus dos Passos conforme aprovação da Cúria Diocesana de Guaxupé, sendo Dom Hugo Bressane de Araújo, o Administrador Apostólico de Guaxupé. Aos 18 de Junho de 1952 foi declarada e instalada a Paróquia São Benedito, que hoje recebe a música “Estudo em Lá maior”, do italiano Matteo Carcassi ao som do violão de Celso Faria. Carcassi nasceu em 1792, em Florença e morreu em 16 de janeiro de 1853, em Paris, na França.

A Paróquia de São Benedito teve como Monsenhor Messias nomeado Vigário Ecônomo da e padre Mário Labarbuta Rogacionista do Educandário Senhor Bom Jesus dos Passos celebrava a Santa Missa na Matriz de São Benedito todos os domingos e dias santos de guarda. Em 6 de março de 1960, o Bispo Diocesano Dom Frei Inácio João Del Monte, confia a Paróquia à Congregação dos Padres de Sion, tomando posse como Vigário padre Benedito da Silva e seu cooperador padre José Mário.

No dia 11 de março de 1962, tomou posse Cônego José Timóteo da Silva. Em 1º de maio de 1962 foi lançada a Pedra Fundamental da futura Matriz de São Benedito, teve a benção da primeira pedra, que foi colocada no lugar provável do altar da nossa Matriz, com a presença do Bispo Diocesano de Guaxupé, Dom José Ferreira Reis, Bispo de Leopoldina, de todo o clero e autoridades. A 1º de junho de 1962, foi editado o primeiro número do Boletim Paroquial “Sinos de São Benedito”.

De acordo com os documentos da paróquia, em 15 de setembro de 1962 foi aprovada a planta da nova Matriz de São Benedito, um presente do desenhista Jânio Cintra e Oliveira. Iniciou-se a construção, sendo a obra administrativa por Odélio Baldini e dando continuidade Oriovaldo Baldini. Em janeiro de 1969 vem para servir a Paróquia a Irmã Rogéria das Irmãzinhas da Imaculada. Em 1970 vem a Irmã Leonilde Zanelatto ficando responsável pela Catequese. No ano de 1972 a Irmã Vicência de Santo Inácio passou também a ajudar na caminhada paroquial.

No dia 2 de dezembro de 1976 o Jubileu de Prata de Cônego José Timóteo, numa grande celebração Eucarística onde envolveu toda comunidade passense. Aos 22 de outubro de 1981 faleceu cônego José Timóteo da Silva que esteve à frente da Paróquia por 19 anos e 6 meses. Houve uma enorme comoção e tristeza no coração dos fiéis da Paróquia São Benedito e também de todos os moradores da nossa cidade de Passos.

Com isso, o padre Luiz Januário dos Santos ficou à frente da paróquia até 30 de abril 1982, quando tomou posse o padre Luiz Tavares de Jesus. Aos 9 de maio de 1982, foi a ordenação diaconal de Divino Renato da Silva, que colaborou com Luiz Januário. Em 26 de maio de 1985, Festa de Pentecostes, com a presença do Bispo, houve a Sagração do Altar-mor, onde está a Sagrada Relíquia de São Benedito.

No dia 31 de maio de 1985, padre Luiz Tavares trouxe a imagem de Cristo Redentor que foi colocada ao alto da torre da paróquia e que encanta os paroquianos e moradores de Passos e região. No dia 20 de novembro de 1989 vem uma belíssima imagem de madeira de Nossa Senhora Rosa Mística que foi colocada no altar ao lado da imagem de São Benedito.

Em 8 de março de 1992, tomou posse na Paróquia o padre Elizeu Guimarães Souza, vindo de Monte Belo, com celebração presidida por Dom José Geraldo Oliveira do Valle. Neste mesmo ano aconteceu em nossa paróquia a Ordenação diaconal de Donizete Antônio Garcia. Em 1994 vem colaborar com padre Elizeu o seminarista José Ricardo Esteves Pereira, ajudando nas Pastorais da paróquia. Aos 8 de março de Pe. Elizeu Guimarães Souza que durante 11 anos esteve à frente da nossa paróquia é transferido para a Paróquia de São Sebastião em São Sebastião do Paraíso.

E aos 25 de março de 2003 tomou posse como Administrador Paroquial padre Francisco Carlos Pereira. Também estiveram à frente da paróquia os padres Robson Inácio, Gledson Domingos e atualmente a paróquia tem como padre Gilvair Messias. A paróquia de São Benedito é palco, em sua área externa, das tradicionais manifestações culturais e religiosas de Reinado, Reisado e Cavalhada com os ternos de Congo, Moçambique e Folia de Reis.

O projeto Roteiros da Fé foi idealizado e produzido pela jornalista Adriana Dias, conta com as imagens e filmagens de Douglas Arouca, músicas ao violão de Celso Faria, gravação e mixagem de Denilson César dos Reis, criação do logo de Armando Vidigal.

Das 24 igrejas, este é o terceiro vídeo e pode ser visto em https://clicfolha.com.br/folhaplay/roteiros-da-fe-matriz-sao-benedito.