Cultura Destaques

Mapa se reúne com secretário de Cultura e recebe promessa de edital

18 de julho de 2020

O valor é destinado para temas como artes cênicas, música, audiovisual, literatura, culturas populares e artes visuais. / Foto: Divulgação (Agência Brasil)

PASSOS – Numa reunião acalorada, mas produtiva, representantes do Movimento dos Artistas de Passos (Mapa) saíram satisfeitos da sala da chefe de Gabinete da Prefeitura de Passos, Olga Bastos, com a presença do secretário Carlos Jorge Ribeiro, o Caju – que também é artista. Ficou confirmado que o edital “Cultura Cura” deve sair em breve. Por este documento, diversos artistas de Passos poderão sair da situação de necessidade que vêm enfrentando nesta pandemia do coronavírus.

Estiveram presentes representando o Mapa, os mesmos que participaram da reunião na segunda-feira, 13, que são os artistas Felipe Terra, Maurílio Romão, Pietro Garibaldi e os irmãos Edu Silva e Pedrinho Silva.

Vamos deixar as questões menores de lado (se referindo à faixa que foi retirada e descartada) e darmos atenção ao que realmente merece atenção, que é o edital que vai ajudar aos mais de 70 artistas de Passos que estão passando necessidade, uma vez que não podem trabalhar, pois, teatro está fechado e não se pode fazer nada durante a pandemia”, disse Pedrinho.

Olga contou que, assim como havia se comprometido com o grupo Mapa, se reuniu com o procurador Fernando Abreu já na terça-feira, 14, e se debruçaram sobre o edital.

Fui com Caju até o procurador e pedimos o máximo de agilidade. Existem algumas inconsistências que já serão sanadas e o edital retorna para a licitação”, afirmou a chefe de Gabinete do prefeito Carlos Renato Lima Reis.

Caju garantiu que tem feito o máximo para que o edital contemple o maior número de artistas possível e que ele seja um documento não só emergencial, neste tempo de pandemia, mas que fique como um material que dê para abraçar as artes por todos os próximos anos.

Certamente seremos o primeiro município a ter este tipo de edital. E, também vai servir para assim que a Lei Aldir Blanc vier, podermos fazer de forma rápida”, disse.

Para agilizar o edital Cultura Cura, já foi nomeada uma Comissão de Servidores composta por Elisângela Rodrigues Melo Silva, Marcos Roberto da Silva Costa, Nassan Bueno da Silva, Samyra Hipólita Vieira Marques Viscondi e Sérgio Henrique Machado.

 

 

Caju garantiu que tem feito o máximo para que o edital contemple o maior número de artistas possível. / Foto: Divulgação