Destaques Esporte

Luto

10 de junho de 2020

O ex-jogador Ronaldo Drummond, de 73 anos nesta terça-feira, 9, no Hospital Vera Cruz, em Belo Horizonte. Ele estava internado havia 20 dias com hemorragia gástrica, porém, com o passar do tempo, o quadro dele piorou e fígado e pulmão começaram a ser afetados. Nos últimos dias, como foi divulgado em nota, a família fez uma campanha de doação de sangue para o ex-atleta. Não haverá velório por causa do risco de propagação da covid-19.

Rescisão

Ontem, o Atlético-MG chegou a um acordo para finalizar o vínculo do meia Dodô, de 25 anos.  O contrato de Dodô com o Atlético iria até dezembro deste ano, mas o Galo cedeu o atleta ao Khor Fakkan, dos Emirados Árabes, até o dia 30 de junho. Os representantes do jogador entraram em um acordo com a diretoria atleticana e, assim que o vínculo de Dodô com os árabes terminar, a rescisão com o Atlético será assinada. Antes, Galo havia feito a rescisão de Alex Silva e Lucas Cândido.

Cautela

Honda, do botafogo, comentou a respeito da possível volta do futebol

O presidente e o governador querem voltar (com o futebol). A saúde vem em primeiro lugar, e a economia depois. Não chegamos ao pico no Brasil e parece que o campeonato vai recomeçar. Quero jogar, mas por outro lado temos que ter cuidado” disse.

O Botafogo ainda não prevê data para volta às atividades. A posição do clube é que isso acontecerá quando houver liberação dos órgãos de saúde competentes.

Nova posição

Jorge Sampaoli tem enfrentado dificuldades para trabalhar no Atlético com elenco reduzido. Dessa forma, o comandante argentino tem aproveitado a polivalência de alguns atletas para testá-los em outras posições. Esse é o caso do meia-atacante Dylan Borrero, que tem atuado como volante. Ele disse que está pronto para atuar na posição na que Sampaoli quiser.

Agora estou disponível para jogar onde ele quiser. Acho que ele está gostando de me ver nesta posição”, destacou o jovem atleta.

Possível investidor

Vivendo situação financeira delicada em função da crise do novo coronavírus, América, Atlético e Cruzeiro poderão ganhar um pequeno fôlego muito em breve. Os três clubes de Belo Horizonte negociam acordos de patrocínios com a Vale. A mineradora multinacional investiria R$ 7 milhões: R$ 3 milhões em Atlético e Cruzeiro (cada), e mais R$ 1 milhão no América. As negociações estão em curso, envolvem diretamente os presidentes das equipes, mas ainda não há prazo para um desfecho.