Destaques Geral

Luciano Pimenta é reeleito presidente da Amirt

10 de novembro de 2020

O radiodifusor Luciano Pimenta foi nomeado em chapa única e permanece à frente da entidade até 2022. / Foto: Divulgação

C.R. CLARO – O carmelitano Luciano Pimenta foi reeleito como presidente da Associação Mineira de Rádio e Televisão (Amirt). A eleição seguiu todas as medidas de sanitárias e contou com chapa única. O eleito é proprietário de três emissoras, sendo a TV Onda Sul, a Rádio Onda Sul e a Rádio Onda Poços. Mayrinck Junior, que não pôde estar presente, continua como vice-presidente da entidade.

A solenidade foi realizada na manhã desta segunda-feira, 9, na sede da associação, em Belo Horizonte. Devido à pandemia da covid-19, poucos radiodifusores puderam comparecer à reeleição. Luciano ficou à frente da associação no biênio 2019/2020 e, agora, permanece até 2022 no cargo. Na reta final destes últimos dois anos, ele explicou que a gestão desta chapa foi muito positiva.

Nós temos uma equipe muito boa, interessada, disposta a trabalhar e fazer da AMIRT uma das melhores e maiores associações de radiodifusão do Brasil. Estou muito satisfeito que essa equipe vai continuar por mais dois anos”, disse.

Para a diretora da Amirt, Valéria Nascimento, Pimenta atuou de forma participativa e trouxe pautas relevantes para a entidade.

Foi um trabalho feito com muito carinho. A gente percebeu que o Luciano conseguiu agregar mais valores e informações a associação. Além disso, ele ajudou a profissionalizar radiodifusores e gerou respostas rápidas para que a gente pudesse usufruir do que a gente tem de melhor.

O diretor da Rádio Tropical de Lagoa da Prata e também da Amirt, Thiago Martins, destacou que acompanha a associação há muitos anos.

A gestão é uma continuidade do trabalho em excelência que a associação vem prestando nesta última década. A gente que acompanha de perto, faz parte da diretoria e tem a honra de figurar neste biênio, percebe que a Amirt vem mostrando sua força e unindo radiodifusores, que tem neste momento tão difícil, poder de comunicação e penetração”.

Durante pronunciamento, Luciano falou sobre a importância da união entre os gestores de rádios e TVs de Minas Gerais. “São todos com o mesmo objetivo e a mesma vontade de fazer uma radiodifusão melhor. Somente juntos seremos fortes e a Amirt é forte porque tem mais de 400 radiodifusores afiliados a ela“.

Além disso, ele explicou sobre os recentes acontecimentos, como o relacionado à carta de intenção firmada entre emissoras e a TV Cultura. Na ocasião, ele aproveitou para esclarecer que nada foi acordado diretamente com a Amirt, mas sim com emissoras que livremente escolheram retransmitir conteúdos da TV de São Paulo e que a entidade não está deixando a TV Minas. Inclusive, a carta de intenção está à disposição de qualquer emissora.

LEIA TAMBÉM: Região vai receber R$137 mil para assistência odontológica