Destaques Esporte

Louzer volta atrás e desiste de treinar equipe do Cruzeiro

15 de outubro de 2020

Umberto Louzer não será o novo treinador do Cruzeiro. / Foto: Divulgação

BELO HORIZONTE – Umberto Louzer não será o novo treinador do Cruzeiro. Depois de aceitar a proposta do clube, ele recuou e, nesta quarta-feira, por meio de nota, explicou a decisão de permanecer na Chapecoense. Ele afirmou que acredita no projeto que está sendo desenvolvido em Santa Catarina e que espera cumprir seu contrato.

Agradeço o contato do Cruzeiro, mas optei por permanecer na Chapecoense. De fato, houve um interesse para que pudesse assumir a equipe, mas acredito muito no projeto que aqui está sendo desenvolvido. Pesou nesta decisão minha vontade de permanecer e concluir o que começamos. Além disso, prezo por cumprir meu contrato por onde passo e aqui não será diferente”, disse.

O Cruzeiro já tinha até arte pronta para anunciar Louzer como novo técnico. A imagem vazou nas redes sociais nessa terça-feira. Dirigentes da Chapecoense, no entanto, conseguiram convencer o treinador de seguir na Arena Condá. Vice-presidente de futebol do Verdão do Oeste, Mano dal Piva ainda disparou contra os dirigentes celestes.


Repercussão

O Cruzeiro tem que cair para a Série C”. Começar tudo lá embaixo. Faltou respeito e educação. Se fosse com a Chapecoense, procuraríamos o Cruzeiro e depois o treinador. Isso não é postura ética que esperamos no futebol”, disse ao Superesportes.

Louzer foi o terceiro treinador a recusar um convite do Cruzeiro. Antes dele, Lisca e Felipão também descartaram propostas. O clube celeste busca um novo treinador desde a demissão de Ney Franco, no último domingo, após o empate por 0 a 0 com o Oeste, pela 15ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O Cruzeiro é o atual vice-lanterna da Série B, com 12 pontos em 15 jogos. Primeiro clube fora do Z4, o Náutico soma 15. Já o América, primeiro clube na zona de classificação para a Série A do Campeonato Brasileiro, tem 26 pontos – 14 a mais que a Raposa.