Destaques Jornal Gente

Linha do tempo

27 de junho de 2020

Tudo começou em 16 de março de 2002, com o casamento: desde então, Marcos Antônio dos Santos e Francismara confiam à Eloisa Silveira muitos dos momentos mais importantes na vida da família como a gestação e aniversários das filhas Ana Carolina e Ana Beatriz, sendo o último trabalho o book pelos 15 anos da primogênita, em abril do ano passado.

***

‘Arraiá JG’

  

Festas Juninas são uma tradição no Status Poliedro, fazendo parte do calendário de atividades desde 1984, quando funcionava à Rua Cristiano Stockler. A partir de 1990, ao passar para a atual sede à ‘Avenida da Moda’, os eventos juninos ficaram cada vez mais incrementados, sempre com comidas típicas, dança da quadrilha e o tradicional casamento caipira, além de outros diversos números artísticos. A cada ano, uma inovação – tramas diferentes para o “casamento” uma delas: com “duas noivas” aumenta-se o conflito e torna a brincadeira ainda mais engraçada!

O clima junino é “bão demais” e diversão é o que não pode faltar! Com o passar dos anos, a escola teve que se desdobrar e fazer mais de uma festa, por trabalhar com faixas etárias diferentes, inclusive, algumas sendo feitas em julho – as “Festas Julinas”, algumas vezes realizadas em parceria com o CPN, outras em parceria com a tradicional Festa de Santo Antônio, do Educandário Senhor Bom Jesus dos Passos:

Assim envolvemos toda a comunidade escolar nessa folclórica festa que está ligada às nossas raízes mineiras, ressaltando os costumes do nosso povo, desde os tempos do ‘Arraiá’. Ela mexe com a emoção de crianças, jovens e adultos, que se sentem motivados a participar, saboreando as suas delícias. É papel da escola esse resgate de valores e a conservação das tradições que formam a nossa identidade cultural, sendo as Festas Juninas um importante e prazeroso ponto a ser preservado. Este ano, em virtude do isolamento social, celebramos de um jeito diferente, em formato drive thru, quinta-feira passada, à porta do Status Júnior: a equipe a caráter e devidamente paramentada, distribuiu surpresas juninas às famílias que por lá passaram dentro de seus carros”, declara Júlia Maria Piantino Freire Cançado – diretora do Infantil e Fundamental I.

***

Maria de Lourdes Pádua Machado Brandão chega aos 80 anos e com esse ‘famião’ – como diziam os antigos, acha mesmo que passaria em branco a chegada deste ano redondinho? Teve bolo, balões e muitas demonstrações de carinhos à mãe de Aluísio, Lígia, Cecília, Solange e Francine, sogra de José Maria Azevedo, Paulo César Delfraro, Elzio Eduardo Bergamo de Andrade e Elder Maia dos Reis, avó de Rodrigo, Caroline, Felipe, Frederico, Gabriel, Paula, Leonardo, João Eduardo, Daniela, Luísa, Lívia e Lucas, bisavó de Maria Eduarda, Paolla, Romeu, Flora e Betina: família é tudo de bom mesmo, não é?