Destaques Política

Lideranças repercutem sobre a eleição de Pacheco à presidência do Senado

Por Adriana Dias / Redação

3 de fevereiro de 2021

A eleição de rodrigo Pacheco para a presidência do senado ganhou repercusão em todo o país. / Foto: Divulgação

PASSOS – A eleição do senador Rodrigo Pacheco à presidência do Senado Federal na segunda-feira, 1º, ganhou repercussão em todo o país. A Folha da Manhã ouviu algumas lideranças do partido ao qual o parlamentar é filiado, o Democratas, na região. Os reflexos da importância deste cargo para os municípios da região foi unânime entre os entrevistados. Alguns asseguram, inclusive, que o passense – com título de cidadão e longa vivência -, será o próximo presidente da República.

Para o presidente municipal do DEM de Passos, Gilberto Mattar, a eleição de Pacheco à presidência do Senado é um dos vários passos que o parlamentar deu rumo à presidência da República.

Esta é uma vitória extremamente importante na carreira dele, que teve uma rápida ascensão desde o seu primeiro mandato como deputado federal. Foram apenas seis anos até que chegasse à presidência do Senado. E, temos certeza de que ele chegará à presidência do Brasil ainda bem jovem. Até arrisco dizer que ele será o próximo presidente da República. O DEM de Passos está orgulhoso e honrado com a eleição. Passos volta ao cenário nacional, pode alavancar o nome da cidade. Politicamente, isso é muito enriquecedor e mesmo não tendo sido o nosso partido a ganhar a prefeitura nas últimas eleições, a construção política a partir de agora deve ser alinhada e aliada ao DEM, afinal esta vitória traz um reflexo importante para a cidade”, assegurou Mattar.

O ex-presidente estadual do DEM e atual presidente nacional do Sebrae, o paraisense Carlos Melles, disse que como homem público mineiro aplaude e reconhece a importância de Minas e a região ter um presidente do Senado. “Agora é torcer e ajudar para que ele faça uma boa gestão”, afirmou Melles.

Presidente da Associação dos Municípios da Microrregião do Médio Rio Grande (Ameg), Paulo Sérgio Leandro de Oliveira, o Serginho, falou da importância de Pacheco no Senado para os municípios da região.

Vai ser importante sim para a união dos prefeitos da Ameg que zela de mais de 20 cidades que são associadas numa região que tem muito a ganhar com esta vitória. O consórcio Ameg precisa de muita articulação política para deslanchar e tenho certeza que Pacheco no Senado vai abrir portas, não só para a nossa região, mas para todos os municípios mineiros. Sabemos de seu comprometimento com Passos e com Minas, o ganho é grande para todos nós. Sinto-me honrado de ser parceiro e de estar sempre junto com este brilhante político”, afirmou.

O deputado estadual, João Vítor Xavier, disse que foi uma grande vitória para Minas Gerais.

A mais importante vitória da política mineira, ao menos nos últimos 20 anos. Rodrigo Pacheco se reafirma como a principal liderança política de Minas e com uma das grandes lideranças políticas do Brasil”, afirmou o parlamentar belorizontino.

O presidente do DEM de Carmo do Rio Claro, João Paulo de Castro Ferreira, afirmou que a eleição de Rodrigo Pacheco como presidente do Senado, representa a retomada do protagonismo de Minas Gerais no cenário político nacional. “Nosso Estado voltará a ter voz nas decisões nacionais”, salientou.

O prefeito de Passos, Diego Oliveira, disse ter recebido a notícia da eleição de Pacheco com muito entusiasmo, alegria e esperança em dias melhores para o município de Passos.

Estivemos juntos na oportunidade da mobilização pela Cota 762 de Furnas e ele fez um compromisso de estarmos juntos e ele nos ajudar na condução de nossa cidade. A possibilidade de Passos ter novos investimentos, principalmente com o apoio e força política do parlamentar, conseguirmos trazer recursos federais para Passos”, salientou.