Destaques Esporte

Léo Santos tem novo retorno aos treinos do Corinthians

10 de dezembro de 2020

Zagueiro de 21 anos passou toda a temporada em tratamento por conta de problemas no joelho. / Foto: Divulgação

São Paulo – O Corinthians tem apenas mais três jogos no ano de 2020. Para o zagueiro Léo Santos, esse é um motivo para comemorar. Significa que um ano para esquecer, enfim, chegará ao fim. Aos 22 anos, o defensor não conseguiu disputar nenhuma partida. Por conta de problemas no joelho direito que apareceram ainda em 2019, ele não faz um jogo oficial há 622 dias. O último foi em 28 de março do ano passado, ainda com a camisa do Fluminense, onde ficou emprestado por alguns meses.


Você também pode gostar de:

Sedest passa a atender Bolsa Família em sua sede

Receita Federal identifica indícios de sonegação no Sul de Minas Gerais

Léo Santos voltou a aparecer em campo na última terça-feira, 08, em treino no CT Joaquim Grava. A cena já havia acontecido em julho, quando o jovem fez alguns treinos com bola, mas viu seu tratamento regredir. Agora, porém, o departamento médico espera que ele consiga encarar uma sequência para 2021.

Ele voltou a treinar em julho, mas teve problemas, um inchaço no joelho e começou também a ter dor muscular. Aí parou e começamos a fisioterapia toda outra vez. Agora ele está indo bem, mas tem de se recuperar totalmente. Por isso, estamos tendo muito cuidado no laboratório com ele”, disse Joaquim Grava, consultou médico do Corinthians.

Ainda não tem data específica para voltar. Ele começou agora a ir para campo, a fazer controle de bola e agora vai ganhar a parte física. Vamos tentar evoluir aos poucos, não pode ter pressa”, finalizou.

A primeira cirurgia aconteceu em abril de 2019, quando Léo Santos estava emprestado ao Fluminense, por conta de uma tendinite patelar. O empréstimo acabou rescindido. Recuperado, voltou à rotina no CT do Timão, mas sofreu uma fratura no joelho direito em 31 de agosto durante um treinamento.

Em 2020, o jogador fez muitos trabalho de fisioterapia e chegou a participar de cerca de cinco treinos em julho, ainda com o técnico Tiago Nunes, período que antecedeu a retomada das competições. Com atrofia muscular (perda de tecido), teve de trabalhar muito para retomar os movimentos naturais.

No profissional desde 2016, Léo Santos participou das campanhas dos títulos do Brasileirão de 2017 e do tricampeonato paulista (2017/18/19). São 41 partidas disputadas e um gol marcado, contra a Ponte Preta, em março de 2017. O contrato é válido até o fim de 2023.

Sem ele, o técnico Vagner Mancini contou com Gil, Marllon e Bruno Méndez nas últimas rodadadas, além de Raul Gustavo, de 21 anos, que tem ficado no banco. Recuperado da Covid-19, Jemerson deve fazer a sua estreia contra o São Paulo no próximo domingo. Danilo Avelar se recupera de lesão.