Destaques Geral

Lar dos Idosos segue normas da Anvisa

8 de abril de 2020

PASSOS – A rotina dos moradores do lar de idosos mantida pela Sociedade São Vicente de Paulo de Passos há quase um mês teve que ser alterada drasticamente em razão da pandemia do coronavírus. Tudo por causa das medidas de higienização impostas pelo Ministério da Saúde, principalmente em relação ao isolamento social, já que todos os 110 moradores pertencem ao grupo de risco.

Mesmo antes dos cuidados terem sido redobrados em relação aos idosos, a coordenadora Administrativa do Lar, Jorgeane Oliveira, revelou que a Nota Oficial 05/2020, recebida através da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), atingiu as normas específicas para Internação de Longa Permanência para Idosos (Ilpi). “Seguindo as normas estabelecidas pelo órgão, várias adequações foram feiras visando o bem-estar de todos os moradores e os mais de 80 funcionários que trabalham diuturnamente no sistema de revezamento”, disse.

Sobre cuidados com os moradores para que evitem ao máximo o contágio pelo novo coronavírus, Jeorgeane disse que todos estão sendo tratados de acordo com as normas da Anvisa. “São 24 horas por dia observados de forma rigorosa em relação à higienização pessoal e do próprio imóvel onde eles vivem. Bem antes de recebermos a Nota Oficial 05/2020 da Anvisa, já tínhamos alterada a rotina de tratá-los dia e noite”.

 

Doações

 

Quanto às doações de roupas, presentes, alimentação como doces, chocolate e bolos, a coordenadora informou que mudou a forma de recebê-las. “Agora são deixadas na portaria, mas os doadores e até mesmo os parentes não podem adentrar nas dependências do Lar para evitar o contato físico com nossos queridos velhinhos”, ressaltou Jorgeane.
Qualquer tipo de visita pessoal está temporariamente suspensa. Quem desejar falar com algum interno da instituição, ou até mesmo vê-lo, estritamente no horário de 13h às 15h, só por vídeochamadas. “Disponibilizamos esse tipo de serviço através de agendamento antecipado para dar a oportunidade de se verem pelo aparelho celular”, finalizou Jorgeane.

Das 110 pessoas assistidas atualmente no Lar São Vicente de Paulo de Passos, a mais idosa é Maria Bárbara, chamada carinhosamente de Barbinha, que em junho próximo completará 103 anos. Até ontem, nenhum dos internos havia apresentado sintomas do coronavírus.