Destaques Política

Justiça indefere chapa de vereadores do PSB em Itaú de Minas

Por Talita Souza / Da Redação

28 de outubro de 2020

Foto: Divulgação (Agência Brasil)

PASSOS – Dez candidatos a vereadores do Partido Socialista Brasileiro (PSB) de Itaú de Minas tiveram suas candidaturas indeferidas pela Justiça Eleitoral no último sábado, 24. O indeferimento ocorreu devido a irregularidades no Demonstrativo de Regularidade de Atos Partidários (DRAP) da coligação do PSB com os partidos Podemos e Movimento Democrático Brasileiro (MDB).

De acordo com a sentença divulgada pelo sistema de Processo Judicial eletrônico (PJe) do Tribunal Eleitoral (TRE), a chapa teve as candidaturas impugnadas por erros cometidos durante a convenção da coligação ‘A Hora da Mudança!’, dos partidos PSB, Podemos e MDB. A convenção teria sido presidida por William Rodrigues Coelho, que não ocupa nenhum cargo nos partidos coligados, e os presidentes dos partidos PSB e MDB não participaram.

O presidente do Podemos, Cléber Santos, afirma que na convenção dos partidos não poderia apresentar a chapa proporcional, que é de encargo apenas do PSB, e que ao terminar a coligação majoritária na ata teria que ter sido constado o momento exato de quando o presidente da convenção iniciou a apresentação, por isso a juíza entendeu que o presidente não estava na convenção.

Apesar do indeferimento da chapa de vereadores, o candidato a prefeito da coligação, Wallace Fabiano Alves, o Wallace do Clezinho, do PSB, teve seu pedido de candidatura deferido e continua na disputa. Santos explica que os advogados da coligação estão entrando com recursos e que acredita que os vereadores terão a candidatura deferida nos próximos dias.

“Acreditamos que teremos o pedido deferido nos próximos dias, pois se o candidato está apto, com todas as documentações e a juíza já entendeu que a convenção aconteceu de fato, então resta deferir os candidatos”, explica.

Santos também diz que, mesmo com o indeferimento da chapa, os candidatos a vereadores continuarão a fazer campanha enquanto esperam pela resposta do TRE ao recurso apresentado pelos advogados. Jiuliano Corrêa, advogado do PSB, explica que todos os candidatos a vereadores do partido estão aptos a concorrer ao pleito e que a decisão deverá ser reformada. Ele afirma que já foi entrado com recursos e que, caso venham ter uma resposta negativa, a coligação continuará a recorrer na justiça.

“Vamos utilizar todos os meios para demonstrar que o que ocorreu foi mero erro burocrático, o que não resulta em prejuízos para concorrer às eleições. Recorreremos se necessário for”, afirma Corrêa.

Os candidatos pelo PSB que estão indeferidos, até o momento, são: Alencar Sant’ana, Ilton Carlos Pereira, Jair Torres de Queiroz, Karen Michelly Barros, Liliane Araújo Teixeira dos Santos, Marcelino dos Reis de Pádua, Itamar Maciel Silva Neto, Patrícia Ventura Silva, Roberto Gonçalves Vieira e Antônio Alves da Silva.


PT tem candidaturas indeferidas no Carmo

CARMO DO RIO CLARO – A chapa com treze candidatos a vereadores do Partido dos Trabalhadores (PT) de Carmo do Rio Claro foi indeferida pela Justiça Eleitoral devido a erratas na ata da convenção, no último dia 16. Cesário José da Silva, o Arinho Cesário, presidente do PT e um dos candidatos indeferidos, explica que os erros se deram em razão a quatro candidatos que estavam registrado na ata e desistiram de concorrer ao pleito.

“Nos tínhamos 48 horas para registrar na ata e teve alguns candidatos que desistiram no momento do registro,” explica.

O presidente do PT conta que haviam outros candidatos para substituição e que chegaram até mesmo a efetuar o registro de candidatura dos novos candidatos. Após o registro dos candidatos substitutos foram observadas irregularidades, na ata, pela Justiça Eleitoral e toda a chapa, de vereadores e prefeito, foi indeferida. De acordo com Arinho Cesário para recorrer a decisão da juíza foi contratada a advogada Tamires Giordânia Silva, mas a defensora não entrou com recursos para a chapa de vereadores, apenas para a chapa majoritária.

“Ela entrou com recurso em nome do candidato a prefeito e vice e a juíza acatou o recurso. Mas indeferiu os vereadores, porque a advogada não entrou com recurso para os vereadores”, conta.

Devido a expiração do prazo para que o partido entrasse com recursos, o PT não pôde recorrer a decisão da Justiça Eleitoral em indeferir a chapa de vereadores. O presidente do partido diz que lamenta e está bastante chateado com a situação, pois acreditava que pelo menos dois dos treze candidatos a vereadores seriam eleitos.

“É um sonho e a gente tinha tudo para ter pelo menos dois vereadores na câmara. Seria importantíssimo para o PT”, lamenta Arinho Cesário.

O candidato a prefeito do PT, Paulo Roberto Ferreira, o Coró, junto com o vice, Júnior dos Reis da Silva, o Juninho Supermercado Santo Antônio, do Partido Verde (PV), continuam a concorrer ao pleito, agora, sem a chapa de vereadores.

Os candidatos a vereança do PT que estão indeferidos são: Angélica Graciele da Silva Chaga, Cesário José da Silva, Aparecida Ordália Gomes Batista, Cláudio dos Reis Valeriano, Maria de Fátima Pereira, Geni Maria Rodrigues, Joaquim Soares Netto, Luiz Gonzaga Francisco, Márcio Silva, Milton Vilela, Maria do Rosário Carvalho, Sérgio Donizetti Antônio e Vítor Gonçalves do Nascimento.