Destaques Geral

Governo reforça orientações para cidades evitarem festas no Carnaval

15 de fevereiro de 2021

A recomendação é para que todos os municípios adotem medidas a fim de evitar aglomerações, especialmente no período de 12 a 17. / Foto: Divulgação

BELO HORIZONTE – Devido à pandemia de covid-19, o Governo de Minas optou, neste ano, por não conceder ponto facultativo nos dias 15, 16 e 17 de fevereiro e definiu que haverá expediente regular durante o período de Carnaval. O objetivo da medida é desestimular viagens e a ocorrência de eventos que possam gerar aglomeração e provocar o aumento de infecções pelo coronavírus.

O chefe de Gabinete da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), João Pinho, afirma que, de forma geral, a recomendação é para que todos os municípios adotem medidas a fim de evitar aglomerações, especialmente no período de 12 a 17.


O que você também vai ler neste artigo:

  • Suspensão de eventos
  • Monitoramento

Suspensão de eventos

Orientamos para que não sejam autorizados tanto o fechamento de ruas, praças e congêneres para fins festivos, como também o uso de espaços de serviços para fins de eventos de Carnaval, como academias, clubes, centros de compras e estacionamentos. Além disso, pedimos para que não seja decretado feriado ou ponto facultativo neste período, sendo canceladas também eventuais celebrações cívicas municipais”, destaca.

João Pinho reforça ainda que, durante este período, os municípios devem adotar as medidas de segurança próprias para a onda vermelha do Minas Consciente, independentemente da fase de funcionamento das atividades socioeconômicas em que se encontra a macro ou a microrregião. A orientação também é suspender a realização de qualquer evento, público ou privado, de qualquer natureza, no período em questão, inclusive para aqueles de pequeno porte de que trata o protocolo para a onda vermelha.


Monitoramento

O chefe de Gabinete da SES-MG esclarece que o monitoramento realizado pelo Minas Consciente, que leva em conta dados epidemiológicos de macro e microrregiões de Saúde, é realizado semanalmente, o que dificulta uma previsão quanto ao cenário da covid no estado após o período de Carnaval.

Por isso reforçamos a importância de se agir com responsabilidade, uma vez que a pandemia não acabou. Para a população, além de recomendar atenção especial aos cuidados básicos de prevenção à covid, como distanciamento, lavagem adequada das mãos e uso de álcool gel, também orientamos reduzir o trânsito de pessoas em rodoviárias, aeroportos e estradas”, afirma.


Você também pode gostar de: ‘Santuário de Santa Rita é um presente para Cássia e região’