Destaques Geral

Governo de MG anuncia parceria com Fiemg e Senai e Rede Integrada de Proteção ao Turismo

17 de julho de 2021

Foto: Divulgação

BELO HORIZONTE – O governador, Romeu Zema, assinou nesta sexta-feira, 16, em Juiz de Fora, uma parceria entre o governo mineiro, a Fiemg e o Senai para execução de cursos de qualificação para atendimento ao público do Projeto Recomeço em 28 municípios, que concentram um terço das famílias mineiras em situação de pobreza e extrema pobreza no estado. Zema também lançou a Rede Integrada de Proteção ao Turismo, que tem como objetivo desenvolver ações para promover a segurança pública, a cultura e o turismo junto aos municípios mineiros.

O projeto Recomeço é uma iniciativa do governo estadual, elaborada pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), que tem como proposta unir quem emprega a quem precisa trabalhar, por meio de articulações entre os órgãos governamentais e setores produtivos, entidades da sociedade civil e organizações não governamentais.

Fico imensamente satisfeito de estarmos aqui dando mais esse passo. Ambos os programas estão dentro do contexto maior que é o que nós mais queremos, geração de empregos para o mineiro. Desde o primeiro dia do meu governo minha maior batalha e prioridade tem sido essa: atrair empreendimentos, facilitar a vida de quem gera empregos”, afirmou o governador.


O que você também vai ler neste artigo: 

  • Cursos
  • Turismo
  • Capacitações

Cursos

A seleção dos cursos de capacitação a serem ministrados foi realizada com base nas principais atividades econômicas de cada região, para potencializar as chances de conseguir uma colocação no mercado. O programa beneficia 28 municípios nas regiões da Zona da Mata, Triângulo, Norte, Vale do Aço e Metropolitana de Belo Horizonte.


Turismo

Também nesta sexta-feira, Romeu Zema lançou a Rede Integrada de Proteção ao Turismo, por meio de um Termo de Cooperação Técnica entre a Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult) e a Polícia Militar. Serão desenvolvidas ações para intensificar a segurança pública, a cultura e o turismo nos municípios mineiros, por meio da mobilização de representantes de órgãos públicos, instituições, empresas das localidades envolvidas com o turismo, além das comunidades locais para, juntos, identificarem os principais problemas que dificultam, limitam ou inviabilizam o desenvolvimento do turismo local. A ideia é propor soluções para a melhoria da segurança e da qualidade de vida da população.


Capacitações

Também serão realizadas capacitações com integrantes da Secult e da PMMG com temas relacionados ao turismo e à atividade turística e sobre as ações da PMMG em prol do turismo e da comunidade local. As capacitações se darão por meio de reuniões on-line e, posteriormente, por meio de plataforma EAD da Secult. Além disso, estão previstos webinários para difundir os objetivos da Rede e esclarecer dúvidas a respeito de sua atuação.

As redes de turismo protegido serão constituídas conforme demanda das cidades e destinos turísticos. Para solicitar a implantação de uma Rede, a localidade deve cumprir alguns critérios: ser um município turístico; integrar a Política de Regionalização da Secult; possuir Conselho Municipal de Turismo ativo; estar cadastrada na Plataforma Integrada do Turismo.
O pedido para ingressar na Rede Integrada de Proteção ao Turismo pode ser feito por estabelecimentos, associações e municípios mineiros pelo telefone (31) 3915-7900.