Destaques Política

Governador assina pacote que resultará em R$ 1,9 bilhão em investimentos

12 de dezembro de 2020

O decreto foi assinado durante videoconferência, que contou com a participação de parlamentares. / Foto: Pedro Gontijo - Imprensa MG

BELO HORIZONTE – O governador Romeu Zema assinou nesta sexta-feira, 11, na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, um pacote de investimentos com empresas que implantarão ou ampliarão suas participações em Minas Gerais nos próximos anos. A iniciativa é fruto de tratativas entre as empresas e a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede), via Agência de Promoção de Investimento e Comércio Exterior do Estado (Indi), e representam R$ 1,9 bilhão em investimentos e a geração de 2.924 empregos diretos.


Você também pode gostar de:

Zema ressaltou o trabalho de sua gestão em simplificar e valorizar quem quer investir no estado. O acumulado de investimentos entre 2019 e 2020 é um número expressivo de R$ 87,7 bilhões em atração de novos negócios ou ampliação, o que corresponde a três vezes mais o valor de investimentos nos quatro anos do governo anterior.

Conseguimos implementar uma outra velocidade de Investimentos no estado nesses dois anos. É com a geração de empregos que vem o desenvolvimento. Fico muito feliz, pois o governo tem feito tudo o que está ao seu alcance. Fizemos um revogaço, eliminando mais de 140 decretos e portarias“, afirmou o governador, explicando que estas medidas diminuíram a burocracia e agilizaram os processos, principalmente para as micro e pequenas empresas.

Segundo o secretário adjunto de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passalio, o resultado é fruto de um trabalho conjunto e se deu após o direcionamento e premissas desta gestão para melhorar o ambiente de negócios no estado. “Demos prioridade e dinamicidade para aqueles que querem empreender em Minas Gerais. Somos um governo que preza pela liberdade econômica, simplificação e valorização do trabalho e geração de produtos, riquezas e resultados“, afirmou Passalio.


Desenvolvimento

As 13 empresas investirão em diferentes regiões do estado e são de diversas áreas de atuação, entre elas alimentícia, empreendimentos imobiliários, energia solar, entre outros. A chegada dos investimentos demonstra que, apesar da grave crise econômica, o Governo de Minas atuou de forma responsável, agindo em diversas frentes para geração de emprego e renda, sendo o Estado amigo do empreendedor.

Também participaram da cerimônia os deputados estaduais Bosco, Coronel Sandro e Gil Pereira, secretários de estado, prefeitos, empresários e o diretor-presidente do Indi, Thiago Toscano. Até novembro de 2020, Minas Gerais registrou a atração de R$ 27,4 bilhões em investimentos e geração de 16.215 empregos. Somados aos anúncios desta sexta-feira, a projeção é que o Governo de Minas Gerais feche o ano de 2020 com R$ 32 bilhões em novos negócios.