Destaques Geral

Glória tem primeiro registro de serviço de inspeção aprovado

8 de abril de 2020

S.J. B. DO GLÓRIA – Após exatos dois anos, comemorados nesta quinta-feira, 9, com a promulgação da Lei Municipal nº 1.512 de 9 de abril de 2018, o Município de São João Batista do Glória passou a integrar os municípios que constituíram o Serviço de Inspeção Municipal (SIM), com o objetivo de incentivar os produtores e comerciantes locais e apoiá-los no processo de regularização de seus produtos. O comerciante e também vereador, Iveraldo Vicente da Silva, o Braquiária, foi o primeiro munícipe a adquirir o selo.

O comerciante contou que com a criação da Lei que implantou a Feira Livre Municipal, o município viu a necessidade de implantar também a Lei do SIM, criando assim a primeira lei autorizava a comercialização de animais vivos e abatidos entre outros produtos que exigem o selo de fiscalização.

“Na época eu integrava a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara Municipal, na qual ainda sou o relator, e junto dos colegas de vereança, começamos a articular com os demais seguimentos para a criação do SIM. Para isso, buscamos apoio junto à Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), por meio do seu representante, Ailton César Costa, do veterinário, Ângelo Tavares e do engenheiro ambiental, Ésio Gonçalves dos Reis”, informou.

Ainda de acordo com o empresário que comercializa peixes, eles visitaram Delfinópolis que já possuía o SIM implantado para sanar dúvidas sobre o processo. “Em reuniões com a prefeita municipal Aparecida Nilva dos Santos, a Nilvinha, e seus assessores recebemos o apoio necessário e, em pouco tempo, a prefeita nos encaminhou o Projeto de Lei que daria origem à Lei nº 1.512/2018. O projeto foi aprovado por unanimidade e desde então os produtores e comerciantes do município puderam iniciar o processo de regularização de seus produtos”, afirmou Braquiária.

Com o selo do Serviço de Inspeção Municipal, o produtor e comerciante fica autorizado a manipular seus produtos e disponibilizá-los na rede comercial do município, oportunizando assim um maior acesso de suas mercadorias aos consumidores. Entre os principais produtos que agora podem ser comercializados através do Selo de Inspeção Municipal destacam-se: o queijo Minas, doces, aves, pescado, mel entre outros.

Conforme explicou o médico veterinário Ângelo Tavares Santos outros glorienses ingressaram com os pedidos, porém, por falta de documentos ou ainda por desistência, não pegaram ainda o selo. “Tem produtores de queijo, de ovos, frangos que estão aguardando para também receberem o selo”, disse.