Destaques Geral

Glória flexibiliza comércio e turismo

8 de Maio de 2020

As reservas feitas “online” através de sites, aplicativos e agências deverão obedecer o limite estabelecido de 50% da capacidade e informar sobre o preenchimento do termo de compromisso.

S.J.B. DO GLÓRIA – A prefeita de São João Batista do Glória, Aparecida Nilva dos Santos, a Nilvinha, flexibilizou, por meio de um decreto, o comércio e o turismo, principal receita no município. Este decreto, assinado na quarta-feira, 6, altera o do dia 15 de abril, que fechava os estabelecimentos comerciais. Porém, a população, comerciantes e turistas terão que levar em conta os manuais de boas práticas.

De acordo com Nilvinha, no documento, ela considerou as novas diretrizes do Comitê Gestor do Plano de Prevenção e Contingenciamento em Saúde da Covid-19, que leva em conta a necessidade de flexibilização gradual das medidas de contingenciamento social para viabilizar a retomada dos diversos segmentos da economia local; também considerou que, na região, não tem ocorrido número significativo de casos positivos e nem lotação das unidades de leitos de saúde.

O funcionamento de restaurantes, bares, sorveterias, lanchonetes, hotéis, pousadas, atrativos turísticos e estabelecimentos religiosos observarão os manuais de boas práticas, criados para manter a segurança da saúde das pessoas.

Alguns cuidados serão mantidos para toda a população, como para colaboradores do grupo de risco, que devem permanecer em casa e realizar serviço em regime de home office ou teletrabalho. Com apresentação de sinais ou sintomas de resfriado ou gripe: afastar imediatamente das atividades presenciais pelo período mínimo de 14 dias, ou mais, no caso persistência dos sintomas, até a completa melhora.

Com relação aos locais que servem alimentos, será permitido o self-servisse somente com funcionário paramentado, na pista, para atender os clientes. Eliminar galheteiros, saleiros, açucareiros ou qualquer outro alimento ou tempero que seja acondicionado dessa forma, provendo sachês para uso individual.

O acesso ao estabelecimento deverá ser controlado para evitar aglomeração e seguir o distanciamento de dois metros entre as pessoas em filas de espera e também nas áreas de circulação interna. As máscaras são de uso obrigatório e só podem ser retiradas no momento em que o cliente for se alimentar no local. Só poderão sentar na mesma mesa pessoas que tenham convívio próximo, como os moradores de uma mesma residência. Não será permitido o funcionamento de “espaço kids” nem shows ou apresentações de qualquer natureza.

Para estabelecimentos localizados no entorno de praças, o decreto aponta que os comerciantes deverão auxiliar na orientação do público quanto à aglomeração e meios de prevenção contra a covid-19. Todos os estabelecimentos localizados no entorno de praças deverão realizar a venda somente para os clientes acomodados em mesas do local, evitando-se assim aglomeração nos locais públicos.

Os caixas vão priorizar métodos eletrônicos de pagamento e delimitar área de segurança para evitar aglomeração no momento do pagamento. Dar preferência para o cliente manusear a máquina de cartão de crédito, e higienizá-la sempre após o uso. Quanto ao horário de funcionamento será até as 20h (respeitando o toque de recolher). Após este horário será permitido somente o serviço delivery. Flexibilizar os horários de trabalho com adoção de escalas, visando reduzir a proximidade entre os funcionários/colaboradores.

Atrativos Turísticos devem seguir diretrizes

S.J.B. DO GLÓRIA – A retomada das atividades em atrativos turísticos também é condicionada à assinatura de termo de concordância às diretrizes estabelecidas no novo decreto da prefeitura e delimita a entrada e permanência de apenas 50% da capacidade máxima de visitantes.

O decreto prevê também a valorização do ambiente natural proibindo o uso de dispositivos de som (poluição sonora); proibir o uso de churrasqueiras nas áreas comuns ou definir uma área específica para esse fim que não fique junto com os demais ocupantes do atrativo e tenha estrutura adequada; e ainda, garantir informações claras e objetivas, enviar a cartilha digital para os clientes no momento da reserva, divulgar através dos funcionários na portaria, fixação de cartazes, placas e banners em locais estratégicos de fácil visualização.

Os empreendedores de atrativos turísticos também devem adquirir termômetros digitais infravermelho para aferição de temperatura corporal dos visitantes no momento da chegada na portaria e priorizar os pagamentos de contas via boleto, transferência bancária e cartão de crédito ou débito.

Hotéis e pousadas retomam atividades com restrições

S.J.B. DO GLÓRIA – A retomada das atividades em hotéis, pousadas e similares fica condicionada ao cumprimento das medidas preventivas ao contágio do coronavírus. Para começar, só poderão voltar às atividades os estabelecimentos que concordarem em seguir rigorosamente as diretrizes contidas no manual e que preencherem o termo de responsabilidade e conduta, que deverá ser assinado pelo proprietário ou responsável legal em duas vias, e uma será arquivada no departamento jurídico do município de São João Batista do Glória.

Segundo a prefeita Nilva Aparecida dos Santos, no decreto, cabe ao estabelecimento disponibilizar para locação somente 50% da capacidade do hotel ou pousada (com exceção à família que estiver hospedada no mesmo quarto) e respeitar o número máximo de 29 pessoas por estabelecimento conforme a Deliberação do Comitê Extraordinário do covid-19 n°17, datada em 15 de março de 2020;

As reservas feitas “online” através de sites, aplicativos e agências virtuais deverão obedecer o limite estabelecido de 50% da capacidade e informar sobre o preenchimento do termo de compromisso de hospedagem. Os procedimentos de higienização devem ser intensificados.
Os empresários deverão disponibilizar cartazes com informações/orientações sobre a necessidade de higienização das mãos, uso do álcool 70%, uso de máscara, distanciamento entre as pessoas, limpeza de superfícies, ventilação e limpeza dos ambientes.

Providenciar o controle de acesso, a marcação de lugares reservados aos clientes, o controle da área externa do estabelecimento e a organização de filas para que seja respeitada a distância mínima de 1,5M (um metro e meio) entre as pessoas. Priorizar os pagamentos de contas via boleto, transferência bancária e cartão de crédito ou débito.

Disponibilizar um exemplar digital por reserva do manual de boas práticas e solicitar o preenchimento do termo de compromisso de hospedagem “online” disponibilizada no site www.turismogloria.org para que o cliente leia, preencha e envie antes da sua vinda ao estabelecimento, no momento do check-in o utilize para marcação da temperatura aferida e assine-a.

Estes empreendimentos deverão adquirir termômetros digitais infravermelho para aferição de temperatura corporal dos hóspedes no momento do check-in; disponibilizar espaços separados e específicos para guarda de equipamentos pessoais para a prática esportiva que deverão ser higienizados após o uso; assegurar o livre acesso as equipes de fiscalização (Vigilância em Saúde, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Fiscais Municipais).