Destaques Geral

Gincana despertou interesse pelo patrimônio e história

18 de agosto de 2020

Ferramenta, que já reúne informações dos 42 reservatórios da companhia em Minas Gerais, vai ser aprimorado e terá também informações de mineradoras e outros setores. / Foto: Divulgação (Agência Brasil)

PASSOS – A Gincana Solidária On Line do Lions Clube de Passos foi encerrada no último domingo, 16, com a equipe “Demolay-Filhas de Jó” campeã na pontuação geral e na modalidade “Amo Passos”, mais de uma tonelada de alimentos para o projeto Bankete Solidário do Leão, mantido por voluntários no Lions Clube.

O presidente do Lions Clube de Passos, Marco Túlio Costa, valorizou muito a participação das quatro equipes, afirmando que todas foram ‘vencedoras, pois deram uma contribuição muito grande à ação solidária’. As quatro equipes (CPN, Rotaracty, Maná, Demolay-Filhas de Jó) se desdobraram para cumprir as provas, que foram de três tipos: troca de máscaras por alimentos, conscientização quanto ao uso da máscara e a categoria “Amo Passos”, que abordou questões ligadas à História da Cidade. Essas últimas foram passadas através das Rádios Passos FM e Rádio Alternativa FM, bem como pela Folha da Manhã, que publicou os “Enigmas”.

Em uma das provas, as equipes tiveram que relacionar a obra “Chapadão do Bugre”, do escritor Mário Palmério, aos eventos ocorridos no início do século passado, tendo o prédio do antigo Fórum e a praça como fundo; ou inspiradas no álbum de Elpídio de Vasconcelos, cujo centenário será comemorado em 2021, retratar o antes e depois de prédios e locais públicos. Os Enigmas também levaram as Equipes a estudar a história da cidade, para descobrir sobre a vida de Elvira Silveira Coimbra, Wagner de Castro, Wellington Brandão, Baru de Pádua que dão nome e prédios, rua ou deixaram uma obra artística relevante.

Foi exatamente esse aspecto que chamou a atenção do Conselho Municipal do Patrimônio Histórico e da Secretaria Municipal da Cultura. Em contato com o presidente do Lions Clube, o secretário Carlos Jorge, o Caju, mostrou interesse em levar a Gincana para a rede municipal de ensino, para compor a “Educação Patrimonial”.

Como essa ação de educação envolve crianças, atendendo a um dos pilares do Lions Internacional, o presidente do Lions Clube, Marco Túlio Costa, já colocou o clube à disposição da Secretaria Municipal de Cultura e Secretaria Municipal de Educação, para o trabalho conjunto. Todo o material produzido durante a semana da Gincana Solidária On Line será juntado a documentos a serem enviados ao IEPHA – Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais, podendo resultar em benefícios ao município.

Lucas Maia, da “Demolay-Filhas de Jó” recebeu o troféu da equipe vencedora da gincana. / Foto: Divulgação