Destaques Esporte

FMF tenta cartada pela sequência do Mineiro, mas governo veta

23 de março de 2021

Foto: Divulgação

BELO HORIZONTE – A Federação Mineira de Futebol (FMF) tentou evitar a paralisação do Campeonato Mineiro, mas não conseguiu, mesmo com a ajuda dos três maiores clubes de Belo Horizonte: América-MG, Atlético-MG e Cruzeiro. Mensagens de conscientização foram postadas pelos três clubes, que tentam convencer o governo a permitir a retomada do regional.

O avanço da pandemia da covid-19 levou o governo do Estado a decretar Onda Roxo em todos os municípios mineiros, impondo medidas restritivas de circulação de pessoas. Sendo assim, a partir de hoje (22), as partidas de futebol estão suspensas no território.

Baseada em documentos com números obtidos no Campeonato Mineiro e no Campeonato Brasileiro, a FMF se esforçou para mudar a posição oficial dos governantes mineiros e manter a competição em andamento. A entidade chegou a dizer que se houvesse paralisação seria por apenas por uma semana. Mas não há garantias de que é isso que vai acontecer.

Apenas essa rodada até domingo é que acontecerá. São pouquíssimos jogos e que estarão totalmente dentro dos procedimentos de segurança. A partir daí, tudo suspenso. O que nós queremos são medidas abrangentes que incluam todos, não queremos nenhum setor tendo tratamento diferenciado”, explicou o governador Romeu Zema (Novo), em entrevista à EPTV, afiliada da TV Globo em Varginha, no Sul de Minas Gerais.

A FMF tentará ainda uma nova cartada para, quem sabe, convencer o poder público pela não proibição dos jogos em solo mineiro. Uma das medidas tomadas pelos clubes com anuência da FMF foi aumentar as campanhas de conscientização pelas medidas anti-Covid. América-MG, Atlético-MG e Cruzeiro usaram suas redes sociais para difundir com mais ênfase a mensagem de cuidados com a doença.

Do lado atleticano, publicações nos perfis do Twitter e Instagram foram registradas. Até uma entrevista com o médico do clube, Rodrigo Lasmar, foi veiculada na TV Galo, canal oficial do Alvinegro no YouTube.

Dica é se cuidar, o distanciamento social é fundamental. Sabemos que o contágio só acontece por contato próximo e prolongado sem o uso de máscara. Cuidado em levar as mãos à boca, olhos e nariz. O uso do álcool em gel com frequência, lavar as mãos sempre que possível. A máscara é fundamental. Evitar aglomerações de qualquer espécie, procurar estar em locais com o mínimo de pessoas possíveis. Essas são as recomendações mais importantes, e através delas seguramos o contágio até que tenha condição de todas as pessoas estejam vacinadas”, disse Lasmar.