Destaques Esporte

Flavio Perchman confirma proposta do Cruzeiro a Leandro Barcia

21 de setembro de 2020

Foto: Divulgação

BELO HORIZONTE – O Cruzeiro segue de olho no mercado da bola para reforçar o elenco para a sequência da Série B do Campeonato Brasileiro. O alvo da vez é o uruguaio Leandro Barcia, de 27 anos, atacante do Sport. A informação foi confirmada ao pelo empresário Flavio Perchman, que não quis dar detalhes sobre tempo de contrato e possíveis valores envolvidos na negociação.

Emprestado pelo Nacional-URU ao Leão até o fim deste ano, Barcia foi comandado pelo técnico Ney Franco no Goiás em 2019. Pelo esmeraldino, foram 48 jogos e nove gols marcados. Nesta temporada, o uruguaio se transferiu para o Sport, também por empréstimo, onde disputou 17 partidas e balançou as redes em cinco oportunidades.

Segundo o Globoesporte, por conta das dificuldades financeiras ocasionadas pela pandemia, o time pernambucano não tem condições de cobrir a proposta feita pelo Cruzeiro. No entanto, o Leão usa a disputa da Série A como argumento para manter o jogador na Ilha do Retiro. Procurada pela reportagem, a diretoria do Sport não atendeu os contatos até a publicação da matéria. A Raposa, por sua vez, não comenta negociações não concretizadas.

Punição na Fifa

O Cruzeiro foi proibido pela Fifal de registrar por conta de uma dívida de 1.159.786,31 euros (cerca de R$ 7 milhões) com o Zorya, da Ucrânia, referente à compra dos direitos econômicos do atacante Willian, em julho 2014. Em razão dessa sanção, o clube não pôde regularizar a situação de Iván Angulo, emprestado pelo Palmeiras até o fim da Série B. O mesmo valerá em uma eventual contratação de Leandro Barcia.

Para se livrar do transfer ban, o Cruzeiro precisa quitar integralmente o débito ou conseguir recurso na Fifa. A diretoria celeste divulgou na última terça-feira que a perícia responsável por analisar a troca de correspondências concluiu a autenticidade dos e-mails do Zorya aceitando a proposta de parcelamento de 1 milhão de euros em dez vezes e cedendo os créditos ao Alik Football Management, da Estônia.

Barcia foi comandado pelo técnico Ney Franco no Goiás em 2019. / Foto: Divulgação