Destaques Geral

Família celebra alta de criança após dois anos de internação

3 de dezembro de 2020

Os pais Viviane de Lima Reis e José Milton dos Reis, agradeceram por toda a assistência e carinho. / Foto: Divulgação

PASSOS – Perseverança. Foi o que nos ensinou a família de Samuel Aparecido Proença dos Reis, de 12 anos, que na tarde de ontem, 1 de Dezembro, recebeu alta hospitalar após dois anos e quarenta dias internado na Santa Casa de Misericórdia de Passos.


Você também pode gostar de:

Metade do estado regride para fases restritivas

Definido horário especial de Natal do comércio de Passos

A criança que já apresentava uma neuropatia crônica foi encaminhada à unidade de atendimento devido a uma parada cardiorrespiratória, permanecendo na instituição neste período para receber os cuidados adequados. Os pais Viviane de Lima Reis e José Milton dos Reis, agradeceram por toda a assistência e carinho da equipe multiprofissional envolvida na recuperação do filho.

A palavra é gratidão. Entramos no Hospital como pacientes e saímos hoje nos despedindo de uma família, que esteve conosco nos dias bons e nos dias ruins. Essa alta representa uma vitória de todos que acreditaram na melhora do Samuel, uma criança que superou a expectativa da Medicina. O nosso muito obrigado pelas orações e toda a torcida. Por incrível que pareça sentiremos saudades de cada um que fazia parte do nosso dia a dia aqui no Hospital”, disse a mãe Viviane.

Para comemorar essa nova fase de vida deste pequeno vencedor, a equipe multi organizou uma emocionante despedida, lendo uma carta para a família e cantando os versos da música gospel Conquistando o Impossível.

É vencendo os limites, escalando as fortalezas, conquistando o impossível pela fé (…) Essa fé que te faz imbatível, te mostra o teu valor”, cantaram em coro a equipe. Samuel retornou para o aconchego de seu lar e também para os braços da irmã Ana Laura, de 6 anos, que aguardava ansiosa pelo retorno do irmão. “A saudade de casa a partir de hoje vai ficar só na lembrança”, afirma o pai José.