Destaques Do Leitor

Falta água

9 de outubro de 2020

Hoje é o segundo dia sem água aqui no Muarama (falo da Rua do Limão, perto do Colégio Status). O Saae não atende nossas chamadas telefônicas e ainda nos enganou ao dizer, anteontem à noite, na única vez, por milagre ou sorte, que atendeu a uma chamada, dentre dezenas que fiz, que teríamos água antes do amanhecer. As plantas secam, a fuligem das queimadas tomou conta da garagem, quintal e outras áreas, as roupas mofam na máquina de lavar…daqui a pouco não teremos água para a higiene necessária, para a descarga dos vasos sanitários. Para beber e cozinhar, posso comprar os garrafões de água.

Mas é muito transtorno para um casal de idosos, isolados pela pandemia, em um calor infernal, com o preço abusivo dos produtos de primeira necessidade e remédios, sem o refresco de uma chuvinha e respirando um ar seco e poluído. É, por fim, muita ganância e pouca ou nenhuma sensibilidade por parte da prefeitura e do Saae  de Passos. Socorro.

Maria Amelia Silva Silveira – Passos/MG

Falta Câmara

Na semana passada, neste espaço, fiz um comparativo dos trabalhos dos vereadores de Passos e os de São Sebastião do Paraíso, a partir do noticiário que os próprios vereadores divulgam. E novamente nesta semana nota-se que os daqui realmente estão ganhando para não fazer nada.

Agora, por exemplo, a cidade de Passos está sem abastecimento de água – mas os vereadores passenses devem estar sendo tratados com água mineral em suas salas com ar refrigerado e nem sequer questionam a autarquia pública sobre o problema. É como se eles morassem em outra cidade e vivessem num outro mundo. Estão completamente omissos. Em Paraíso os vereadores foram à justiça contra a Copasa e os daqui não estão nem um pouco preocupados com essa situação do povo. Vamos nos lembrar deles na eleição e descontar nas urnas no dia 15 de novembro… Um absurdo!

José Antonio – Passos/MG