Destaques Esporte

Estádios da região poderão ser utilizados na fase final do Mineiro

18 de dezembro de 2020

Para jogos decisivos, locais precisarão ser homologados para uso do VAR. / Foto: Divulgação

BELO HORIZONTE – A Federação Mineira de Futebol decidiu em reunião com os clubes os detalhes para a disputa do Módulo I do estadual. A principal novidade é quanto à capacidade dos estádios para a fase final, que não será mais de mínimo de 10 mil torcedores. Com isso, estádios dos três clubes da região poderiam ser utilizados na etapa decisiva do Mineiro.

Em reunião virtual, Caldense, Tombense, Uberlândia, Patrocinense, URT, Pouso Alegre e Athletic votaram a favor do fim da exigência do público mínimo, enquanto Cruzeiro, Atlético, América, Uberlândia e Boa foram contrários. Com a decisão, estádios com capacidade inferior a 10 mil pessoas poderão ser utilizados, caso do Ronaldão, em Poços de Caldas, (com capacidade de 7,6 mil) e Manduzão, Pouso Alegre, (com capacidade para 9,9 mil). Já o Melão, em Varginha, já se enquadrava na regra anterior para as partidas decisivas.

Entretanto, para que esses estádios recebam os jogos das fases semifinal e final do Mineiro, todos precisarão ser homologados para uso da tecnologia do VAR, que será utilizada apenas nessas etapas decisivas. Os clubes têm até o dia 12 de fevereiro para enviar todos os laudos de liberação dos estádios à FMF.

Sobre os estádios sul-mineiros usados em competições oficiais, o Melão, Estádio Municipal Prefeito Dilzon Luiz de Melo, foi inaugurado em 1988. Atualmente é a casa do Boa Esporte e tem capacidade para 20.000 torcedores. Por normas de segurança, o estádio de Varginha tem capacidade liberada para apenas 15.141 pessoas.

O Estádio Municipal Doutor Ronaldo Junqueira, popular Ronaldão, foi inaugurado pela prefeitura de Poços de Caldas em 1979. Atualmente recebe jogos da Caldense e do Vulcão e, apesar de ter recorde de público de mais de 14 mil pessoas, tem capacidade liberada para 7.600 mil torcedores.

Por fim, o Estádio Municipal Irmão Gino Maria Rossi, ou Manduzão, fica em Pouso Alegre e foi inaugurado em 1996. Após passar por reforma de arquibancadas e gramado em 2018, recebe jogos do Pouso Alegre FC. Construído para receber 26 mil pessoas, tem capacidade liberada para apenas 9.900 torcedores.