Destaques Esporte

Escola paga despesa e equipe viaja ao Jemg

Ézio Santos

28 de junho de 2022

A etapa regional começou na última segunda-feira, 27.

PASSOS – Depois de anunciar na segunda-feira, dia 27, que a equipe de vôlei feminino, módulo I, do Colégio São FranciscoUnidade II de Passos, não iria para Extrema disputar a etapa regional dos Jogos Escolares de Minas Gerais (Jemg) porque a prefeitura não permitiu o deslocamento com mais outras duas escolas estaduais, houve uma reviravolta no caso no final da noite da mesma data, e as garotas já estão na região do extremo Sul do estado. Após dialogar com as atletas e familiares, a direção da escola privada autorizou o início da viagem na madrugada desta terça-feira, dia 28.

Depois de tanta polêmica ao longo do dia em torno do assunto, pedidos das alunas, pais, enfim, todo o colégio, por volta de 22h de segunda resolvi arcar com as despesas. Acho que o nome da escola, da cidade e do esporte está em jogo. Fico chateada porque somos discriminados por ser um estabelecimento de ensino particular, mas mostramos também que temos poder, e ainda pagamos os impostos para bancar as coisas públicas”, lamentou a diretora Creide Ponsancini.

Na van alugada de última hora, além de 12 jogadoras, deixaram Passos por volta de 5h, o técnico Leonardo, e a monitora Patrícia.

As equipes passenses de handebol masculino e futsal feminino, ambos do módulo II, estão representando respectivamente, o município através das escolas estaduais São José, que ontem perdeu de 20 a 25 para a E.E Nossa Senhora de Montserrat/Baependi, e Júlia Kubitschek, cuja a estreia é hoje, às 9h, contra E.E. Doutor João Batista Hermeto de Lavras. Nesta terça-feira à tarde, o Colégio São Francisco/COC foi derrotado pelo Instituto Presbiteriano Gammon de Lavras por 2 sets a 0.