Destaques Esporte

Empresário diz que Atlético economizou R$100 mi com saídas

30 de março de 2021

Foto: Divulgação

BELO HORIZONTE – O empresário Rubens Menin (MRV e Banco Inter) disse que o Atlético economizou R$ 100 milhões com as demissões de funcionários que tinham altos salários e corte de ‘desperdícios’. Ele ainda aproveitou para ‘alfinetar’ o Cruzeiro ao dizer que o clube vai enfrentar problemas por ‘não ter patrimônio’.

Não falamos que ia ser fácil, nunca é. Vocês sabem das dificuldades para construir o estádio, mas estão vendo a maravilha que está acontecendo. O Atlético precisa se profissionalizar e está começando a fazer isso. Estamos enxugando desde o ano passado mais de R$ 100 milhões em excessos com cargos, altos salários e desperdícios”, disse.

Enxugamos desde esse novo período mais de R$ 100 milhões com super salários e estamos ajustando o clube aos valores e práticas do mercado. Não é possível sanear um clube com desperdícios. Teve não sei quando, uma viagem, acho que para Uberlândia, que foi cheia de excessos, não pode fazer isso com os recursos do clube”, acrescentou.

Nos últimos meses, o Atlético demitiu o diretor de futebol, Alexandre Mattos, o diretor das categorias de base, Júnior Chávare, e o diretor de comunicação, Domênico Bhering, entre outros. Apesar do alto investimento no futebol graças a parceiros, não é novidade para ninguém que o Atlético vive grave crise financeira. Na última sexta-feira, foi afirmado que a dívida geral do alvinegro ultrapassará a marca de R$ 1 bilhão no balanço que será divulgado oficialmente em abril.