Destaques Geral

Empresa doa usina solar para a DelFurnas

22 de agosto de 2020

Termo de doação foi assinado pelos representantes da Delfurnas e da I.S Brasil. / Foto: Divulgação

S. J. BARRA – A Delegacia Fluvial de Furnas (DelFurnas), localizada em São José da Barra, vai receber um sistema de geração de energia solar fotovoltaica, doado pela empresa I.S Brasil. De acordo com tenente Addison Tavares Couto, subcomandante da unidade, a economia elétrica será de 75%.

A usina que será implantada na DelFurnas terá capacidade de geração inicial de 13 KW. O esquema de funcionamento baseia-se na utilização de painéis solares que captam a luz e geram energia elétrica. Essa eletricidade é convertida pelo inversor solar, de corrente contínua para alternada, e, então, a energia é distribuída. A doação, conforme afirma o subcomandante da DelFurnas, está em “consonância com o ‘CON Energia’, projeto de gestão e eficiência energética do Comando de Operações Navais”.

Para ele, a parceria vai conduzir a uma melhora significativa no trabalho da Marinha e permitir mais sustentabilidade.

A DelFurnas prevê reduzir custos, caminhar rumo à neutralidade das emissões de carbono, e melhorar seus processos administrativos, ajudando assim na manutenção da salvaguarda da vida humana, na segurança do tráfego aquaviário e prevenção à poluição hídrica nas águas sob sua jurisdição”, disse.

Segundo o diretor da empresa, Matheus Henrique Santos Lima, a estimativa é que até outubro todas as tratativas estarão concretizadas.

A usina está no processo de homologação junto à concessionária local (Cemig). Após isso, vamos partir para a construção física”, afirmou.

A parceria também tem o intuito de promover ações sociais na cidade. Segundo informações divulgadas pela empresa, há alguns projetos da Marinha que serão custeados pela I.S Brasil, como a revitalização de praças e a montagem de um centro para jovens praticarem atividades físicas. Lima ressalta que a empresa já desenvolve projetos com outras instituições, como a Apae de Alpinópolis, o Instituto Médico Legal (IML) de Passos e o Lar do Idoso Frederico Ozanam, de Carmo do Rio Claro.