Destaques Geral

Emater-MG entrega equipamentos para melhoria genética do rebanho do Sul de Minas

24 de junho de 2021

emater realiza entrega simbólica de kits de inseminação artificial

BELO HORIZONTE – Nesta quarta-feira, 23, a Emater-MG fez a entrega simbólica de kits de inseminação artificial para a melhoria da genética do rebanho bovino do Sul de Minas, na sede da empresa, em Belo Horizonte. Entre os equipamentos e materiais adquiridos pela estatal para entrega a 11 municípios da região estão 12 botijões para acondicionamento das doses de sêmen e 12 motocicletas para deslocamento dos inseminadores entre as propriedades.

A doação vai beneficiar pequenos pecuaristas da região. A licitação dos equipamentos e o projeto técnico para implantação do programa de melhoria genética foram feitas pela Emater-MG, empresa vinculada à Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa).

“Estamos buscando fazer parcerias com todos os atores que militam no desenvolvimento rural do Estado de Minas Gerais, unindo forças para a gente conseguir potencializar nossas ações em prol dos produtores rurais”, argumenta o diretor-presidente da Emater-MG, Otávio Maia.

Os municípios beneficiados pela doação dos kits de inseminação artificial são: Alpinópolis, Careaçu, Guapé, Inconfidentes, Natércia, Paraguaçu, Pimenta, Santa Rita de Caldas, São Sebastião da Bela Vista e Senador José Bento; que receberam uma moto e um botijão cada; além de Monte Belo, que foi contemplado com 2 motos e 2 botijões. Cada motocicleta custou R$11.220,00 e cada botijão foi adquirido por R$2.834,00.

Durante a solenidade de entrega, estiveram presentes a diretoria executiva da Emater-MG, a secretária de Agricultura de Minas Gerais, Ana Valentini, deputados estaduais e prefeitos. Segundo a secretária Ana Valentini, o agronegócio sempre teve um importante papel na economia de Minas e o setor ganhou ainda mais relevância com a pandemia.

“O agricultor nunca para, trabalha todos os dias de sol a sol, especialmente os pequenos. Em Minas Gerais, no campo, mais de 90% são pequenos produtores, então esse tipo de projeto é de fundamental importância para trazer mais renda para eles. Esse projeto, além de gerar novilhas de boa qualidade genética, vai trazer ganhos de produtividade do leite, melhorando assim a lucratividade dos pequenos pecuaristas”, explica a secretária.