Destaques Esporte

Elenco do Atlético Mineiro sofre desvalorização durante pandemia

11 de abril de 2020

BELO HORIZONTE – O elenco do Atlético sofreu desvalorização de 19,2% desde a paralisação do futebol brasileiro em função da pandemia do novo coronavírus. Os números são apresentados pelo site Transfermarkt, especializado em valores de mercado de atletas e equipes do futebol mundial.

O Atlético anunciou a paralisação das atividades no dia 17 de março. Dois dias antes, o Transfermarkt havia feito uma avaliação do elenco alvinegro, que valia 52,5 milhões de euros (cerca de R$ 279,7 milhões na cotação atual). Agora, a equipe atleticana tem valor de mercado de 42,43 milhões de euros (cerca de R$ 237,3 milhões na cotação atual).

Vale lembrar que o Atlético ‘perdeu’ Patric nesse período. De acordo com o site, o lateral-direito, que rescindiu com o Galo e acertou com o Sport, tem valor de mercado de 950 mil euros.

O site mostra variações nos preços de alguns jogadores. Nessa quarta-feira, o Transfermarkt atualizou o valor de todos os atletas do elenco. Alguns, como Guilherme Arana e Allan, tiveram grande desvalorização desde a estreia.

O valor do volante diminuiu em 400 mil euros (cerca de R$ 2,3 milhões), enquanto o lateral teve desvalorização ainda maior: 600 mil euros (cerca de R$ 3,3 milhões).

O jogador mais valorizado do elenco do Atlético, de acordo com o site, é o meia-atacante Marquinhos, com valor de 5,4 milhões de euros (cerca de R$ 30,2 milhões). Ele é seguido por Cazares (3,5 milhões de euros, cerca de R$ 19,5 milhões) e Rómulo Otero (2,4 milhões de euros, cerca de R$ 13,4 milhões).

Da avaliação feita em 15 de março para a atual, o elenco do Atlético foi o sétimo com maior desvalorização: 19,2%, mesma porcentagem do Fortaleza. A maior foi do Atlético-GO, que caiu 21,1%.

Em ‘valores brutos’, o Flamengo foi quem teve maior queda: 29,42 milhões de euros (cerca de R$ 164,6 milhões). O rubro-negro foi seguido por grêmio (23,12 milhões de euros, cerca de R$ 129,3 milhões) e Palmeiras (22,55 milhões de euros).