Destaques Folha Motors

Eis a nova Chevrolet Montana

13 de Maio de 2021

A nova Montana será a picape da linha Onix. / Foto: Divulgação

A General Motors vai produzir uma nova picape no Brasil. Sem revelar detalhes, a empresa informou apenas que modelo é inédito e será feito na fábrica de São Caetano do Sul, no ABC paulista. Ainda segundo a empresa, o futuro utilitário pretende ampliar a presença da marca Chevrolet neste “próspero segmento”. Embora a empresa não confirme, trata-se da nova geração da Montana, que vai crescer e, portanto, virar rival da Fiat Toro e da Renault Oroch.

“O modelo chegará para complementar a linha de picapes Chevrolet. Além disso, vai estrear um conceito completamente inovador para a marca no segmento de veículos utilitários”, diz, em comunicado, o presidente da GM América do Sul, Carlos Zarlenga. A empresa não revelou quando vai lançar a nova picape. Contudo, informou que os ajustes na fábrica começam a ser feitos nas próximas semanas.

Como parte desse processo, a veterana Montana, que era a versão picape do Agile, teve a produção encerrada no dia 30 de abril. A informação foi revelada à repórter Cleide Silva, do Estadão, pelo presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Caetano do Sul, Aparecido Inácio da Silva. Segundo ele, o projeto deveria ter sido iniciado no ano passado. Porém, foi postergado por causa da pandemia do novo coronavírus.

Segundo a GM, a nova picape é fruto de parte do investimento de R$ 10 bilhões previsto para o Brasil e que estava congelado. Ou seja, o projeto foi retomado em janeiro. Portanto, a GM deve acelerar o processo de desenvolvimento do modelo. Ou seja, tudo indica que o lançamento será entre o fim de 2021 e o início de 2022.

Além disso, o modelo terá a mesma plataforma modular GEM, utilizada pelos novos Onix e Onix Plus e também pelo SUV Tracker Essa arquitetura foi desenvolvida na China em parceria com a SAIC. A companhia é uma das quatro maiores fabricantes chinesas de veículos. Dona da marca britânica MG, a SAIC tem parcerias com várias fabricantes ocidentais. O acordo com a GM começou em 1998


Picape do Onix

Por ora, sabe-se apenas que o modelo vai suceder a Montana, que surgiu como picape da linha Corsa, em 2003. Após o modelo sair de linha, o utilitário passou a ser feito com base no Agile, em 2010. Assim, a nova Montana será a picape da linha Onix. Porém, deverá compartilhar várias peças com o Tracker, que é o SUV da família. Do utilitário-esportivo compacto, aliás, deverá herdar até peças de acabamento.

Assim como os motores flexíveis com turbo e o desenho da dianteira. O porte será próximo ao da Toro. Ou seja, ela será maior que uma compacta, caso de Fiat Strada e Volkswagen Saveiro, e menor que uma média, como a Toyota Hilux e a Ford Ranger, por exemplo. Da mesma forma que o Tracker, a nova picape da Chevrolet terá proposta 100% urbana. Ou seja, com tração na dianteira e sem opção de 4×4.

Com base nessas informações, o designer Kleber Silva, da KDesign, antecipou o desenho do novo modelo. O resultado pode ser conferido na imagem nesta página, que foram cedidas gentilmente à Folha. Diferentemente da Montana feita até agora, a nova terá cabine dupla. Essa tendência vem crescendo, assim como a participação das vendas das chamadas picapes intermediárias.

Tanto que vem chamando a atenção de várias fabricantes. Inclusive das que não têm tradição no segmento de veículos utilitários. De forma geral, esses carros seguem o caminho aberto pelos SUVs, que viraram os queridinhos do consumidor. Ou seja, têm visual aventureiro e ampla oferta de equipamentos. Sem contar que oferecem boa dirigibilidade. Nesse sentido, em nada lembram o “pula-pula” comum às picapes tradicionais, criadas para o trabalho.