Cidadania Destaques

Doadores de sangue terão semana especial

19 de novembro de 2020

A previsão é de que sejam atendidas cerca de 60 pessoas por dia, das 7h às 11h30. / Foto: Divulgação

PASSOS – A unidade de Passos da Fundação Centro de Hematologia e Hemoterapia de Minas Gerais (Hemominas) vai promover, de 23 a 27 deste mês, a Semana Nacional do Doador Voluntário de Sangue. A previsão é de que sejam atendidas cerca de 60 pessoas por dia, das 7h às 11h30. Para a próxima quarta-feira, 25, Dia Nacional do Doador de Sangue, estão previstas diversas atividades.

De acordo com o órgão, serão contempladas com diplomas as pessoas que já fizeram mais de dez doações desde a inauguração do hemocentro passense. Além disso, haverá distribuição, a quem comparecer na unidade, de lembranças alusivas à data. Para o dia 25 de novembro, está sendo organizada a celebração de uma missa na sede do hemonúcleo regional de Passos, em homenagem especial aos doadores e servidores, com distribuição, ao longo do período de coleta, de lembranças e certificados. O evento ainda não foi confirmado.

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, em março, os hemocentros de captação em todo o Estado têm sofrido com a queda de doadores. No entanto, especialmente em outubro e novembro, tem ocorrido evolução no número de coletas. Nos últimos dias, os tipos sanguíneos com maior queda nos estoques são O negativo e O positivo, além de A e B positivos, porém a demanda não está sendo prejudicada de forma grave. O órgão lembra que, desde o início do ano, todas as unidades do Hemominas vêm enfrentando queda nos estoques de sangue devido a diversos fatores, como as fortes chuvas e feriados prolongados. Com a pandemia da covid-19, o quadro se agravou.

O grande desafio em relação ao coronavírus é o avanço rápido da doença, que requer, como parte da prevenção, o isolamento social. Embora as pessoas estejam se cercando de cuidados e evitando sair de casa, como é a recomendação, a demanda transfusional não para e, muitas vezes, não pode esperar. Conforme o Hemominas, o papel do órgão estadual é sensibilizar a população para a importância e urgência da doação de sangue.

Todas as medidas de segurança são adotadas para a doação e os hemocentros são locais de pessoas saudáveis. Afinal, para doar sangue, a premissa básica é ter boa saúde. Sobre doadores, em especial de medula óssea, no mês passado o hemonúcleo de Passos, localizado na rua Doutor José Lemos de Barros, 313, bairro Muarama, cadastrou 33 candidatos, e até ontem, 18, havia nove requerentes.

LEIA TAMBÉM: PMP já gastou mais de R$1,5 mi em ações contra a covid-19