Destaques Geral

Diego Oliveira reclama de quantidade de vacinas para Passos e SRS divulga nota

Por Gabriella Alux/ Redação

3 de agosto de 2021

a SRS de passos informou que segue diretrizes do programa de Operacionalização da Vacinação e o Programa Nacional de Imunizações para efetuar a distribuição de vacinas:/Reprodução.

PASSOS – O prefeito de Passos, Diego Oliveira, afirmou que o município tem recebido, a cada semana, menos doses de vacinas contra a covid-19. A afirmação foi divulgada em uma rede social do prefeito nesta segunda-feira. Na tarde de ontem, a Superintendência Regional de Saúde de Passos (SRS-Passos) divulgou uma nota de esclarecimento sobre a definição de quantidades de doses distribuídas aos municípios.

“Uma coisa que me deixa preocupado é o número de doses que está chegando na nossa cidade. O Governo do Estado anuncia que está enviando cerca de 800 mil doses, mas, para nós, a cada semana que passa está chegando menos. Essa semana recebemos 1.070 doses. Isso, para uma cidade de quase 120 mil habitantes é quase nada. Então, isso é o que impossibilita de descermos as idades e principalmente de vacinar a todos na velocidade que queremos. Fica a dúvida, se está chegando bastante dose pelo Ministério da Saúde (MS) em Belo Horizonte, por que está chegando só isso em Passos?”, disse o prefeito.

Na nota da SRS-Passos, o órgão informa que, desde o início da Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19, existe o questionamento sobre a definição de doses enviadas para as cidades. “Apesar de esse assunto ter sido exaustivamente abordado com as referências técnicas municipais em outras oportunidades, a Superintendência Regional de Saúde de Passos (SRS Passos) vem a público esclarecê-lo a quem possa interessar”, informa o comunicado.

Segundo a SRS-Passos, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) segue as diretrizes do Programa Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 (PNO) e o Programa Nacional de Imunizações (PNI) e que o fluxo de recebimento e distribuição das vacinas é feito em de acordo com Informe Técnico do ministério sobre as especificidades de cada remessa de vacinas e dos percentuais dos grupos que serão atendidos.

“Após conhecimento do grupo que será atendido e da porcentagem daquela remessa, cabe à SES-MG adequar os denominadores, ou seja, o quantitativo da população que será atendido em cada município naquele momento. O denominador populacional é sempre o fornecido pelo Ministério da Saúde, uma vez que é utilizado como base para o envio de doses de vacinas”, informa o órgão. “Utilizar números absolutos de doses recebidas por município é um cálculo primário e errôneo”, diz a nota divulgada ontem.

De acordo com a SRS-Passos, “pelos critérios mencionados, Passos, por exemplo, maior cidade da jurisdição, recebe sempre o maior quantitativo de vacinas, com o número de doses proporcionais aos grupos prioritários. Na 30ª remessa distribuída nesta segunda-feira, 2, o município recebeu 1.067 primeiras doses para o grupo de 50 a 54 anos, 306 para trabalhadores da indústria e 39 para caminhoneiros, totalizando 1.420 primeiras doses. Para segundas doses, o quantitativo total foi de 2.320. Portanto, somente nessa segunda-feira, na 30ª remessa, Passos recebeu 3.740 doses”, informa.

 

SRS Passos distribui 30ª remessa de vacinas contra a covid-19 aos municípios

A Superintendência Regional de Saúde de Passos (SRS Passos) distribuiu nesta segunda-feira, 2, aos 27 municípios que integram o órgão 16.020 doses de vacinas contra a covid-19. Os medicamentos são destinados à primeira dose para a imunização de percentuais da população de 50 a 54 anos de idade, trabalhadores da indústria e caminhoneiros e para completar o esquema vacinal, com a segunda dose, de pessoas de 50 a 54 anos, portadores de comorbidades e forças de segurança.

As vacinas distribuídas ontem são dos fabricantes Pfizer/Biontech, Astrazeneca/Fiocruz e Coronavac/Butantan, enviadas pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais.