Destaques Esporte

Desfalque

5 de outubro de 2020

O único jogador intocável no esquema de Jorge Sampaoli será ausência forçada no Atlético-MG. Após o duelo contra o Vasco, o zagueiro Junior Alonso será, pela primeira vez, desfalque da equipe que briga para manter a liderança do Brasileirão. Ele vai defender a seleção paraguaia e deixará uma lacuna na zaga por até três rodadas. Além de Alonso, outros dois jogadores também vão atuar nas Eliminatórias para a Copa de 2022: Alan Franco (Equador) e Savarino (Venezuela).

O que você também vai ler neste artigo:

  • Cruzeiro
  • Flamengo
  • Eliminatórias
  • Neymar
  • Fórmula 1

Cruzeiro

O Cruzeiro recebeu proposta de US$600 mil (R$3,3 milhões) para vender 80% dos direitos econômicos do atacante Caio Rosa. O clube interessado é o Sharjah FC, dos Emirados Árabes Unidos. A diretoria celeste aprovou a oferta e autorizou o negócio. Entretanto, o salário que o Sharjah estava disposto a pagar não atendeu às exigências do atleta. Caio está entre os relacionados para o jogo contra o Cuiabá, neste sábado, às 22h, na Arena Pantanal, pela 13ª rodada da Série B.

Flamengo

Jordi Guerrero é o mais novo funcionário do Flamengo diagnosticado com coronavírus. O clube recebeu o resultado dos exames realizados para o jogo deste domingo, 4, contra o Athletico, e o auxiliar técnico que comandou a equipe nos dois últimos jogos acusou positivo. Ainda não há a confirmação sobre quem vai comandar o Flamengo no duelo de hoje, no Maracanã. Domènec Torrent já pode voltar, após período de quarentena, mas ainda depende da avaliação médica.

Eliminatórias

A CBF alterou o local do jogo da Seleção Brasileira contra a Venezuela, marcado para 13 de novembro, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, no Catar. A partida, que seria disputada no Mané Garrincha, em Brasília, foi transferida para o Morumbi, em São Paulo, às 21h30. De acordo com a entidade, o objetivo da mudança foi buscar um gramado melhor, já que o Morumbi tem um gramado classificado em 9,5 e o Mané Garrincha, em 6,1. A decisão também foi tomada por uma questão de logística.

Neymar

Neymar está a um gol de se tornar o maior artilheiro brasileiro na história do PSG. Com os dois que marcou na vitória por 6 a 1 contra o Angers, o atacante igualou Raí e chegou à marca de 72 com a camisa do clube. Ambos dividem a 10ª posição no ranking da equipe. Neymar precisou de 127 jogos a menos que o ex-meia para alcançar os 72 gols. Enquanto o atual camisa 10 atingiu a marca em 88 partidas, Raí, que atuava em posição diferente, precisou de 215 jogos.

Fórmula 1

A Honda vai deixar a F1 ao fim da temporada 2021, no mesmo momento em que anunciou suas metas para se tornar uma empresa carbono zero. A fabricante japonesa de carros é a fornecedora de motores das equipes Red Bull e AlphaTauri. “A indústria automobilística passa por um período de grande transformação, que ocorre uma vez em cem anos, vamos buscar neutralizar o carbono até 2050. Este objetivo será perseguido como parte das iniciativas ambientais”, explicou a empresa japonesa.