Destaques Geral

Demanda por energia solar sobe em 2020

Por Gabriella Alux / Especial

19 de novembro de 2020

Foto: Divulgação (Agência Brasil)

PASSOS – Nos últimos 12 meses, de acordo com a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), foram instalados cerca de 162 mil novos sistemas de geração de energia no Brasil, o que implica no crescimento de mais de 130% em relação a 2019. Atualmente, segundo a Absolar, existem mais de 300 mil sistemas fotovoltaicos de geração distribuída conectados à rede elétrica do país. Em Passos, conforme Lucas Faria, sócio da Sistema Solar Engenharia, a procura por energia solar fotovoltaica tem atraído um grande número de adeptos, que já estão fazendo o uso dessa fonte de energia inesgotável, limpa e sustentável.

A energia solar está com uma procura cada vez maior, ainda mais agora que o financiamento está facilitado. Atualmente, a taxa Selic permite juros baixos e os bancos estão possibilitando mais empréstimos. Então, a análise de risco está mais facilitada, sai melhor o financiamento neste setor e os prazos são bons também, fazendo com que esses valores fiquem iguais ou ainda mais baratos do que a conta de energia. Desta forma, mesmo em tempo de pandemia, houve um crescimento nas vendas, com instalações tanto para casas quanto empresas, uma vez que as pessoas estão buscando investir em soluções que reduzam os custos fixos, se preparando melhor para imprevistos futuros ou novas crises”, declarou Faria.

Segundo ele, a geração de energia fotovoltaica registrou crescimento de 24,2% na primeira quinzena de setembro em comparação ao mesmo período de 2019.

Em relação a preços, as placas individualmente influenciam, mas há outros fatores para serem considerados, como as marcas, potência individual das placas, local de instalação e possibilidade de expansão futura do sistema solar. Tudo isso é resolvido em uma entrevista com cliente para analisar a melhor opção de investimento. Com isso, nossa expectativa é que nos próximos três meses a economia possa melhorar e contribuir com uma crescente ainda maior do setor, que é muito benéfica para o país. Então, se tudo correr da forma que planejamos, 2021 vai ser um bom ano”, disse.

Gustavo Avelar, engenheiro elétrico e sócio proprietário de outra empresa do ramo, declara que as vendas tiveram uma ‘curva V’ nesse ano. “No início da pandemia, houve queda, porém o setor de energia solar, principalmente em relação a sistemas instalados, superou muito rápido essa crise. Comparando o número de instalações entre janeiro e outubro de 2019, com 2020, tivemos um aumento de aproximadamente 170%. Os clientes físicos residenciais, produtores rurais e empresas de pequeno e médio porte são os que mais procuram sistemas de energia solar. Além disso, os produtos são vendidos por toda a região de Passos no raio de 100 quilômetros”, revelou.

O maior benefício de instalar energia solar é a redução de até 95% na conta de energia. Também é levado em consideração o conforto, diminuição da poluição, valorização dos imóveis, entre outros. Com isso, minha expectativa para os próximos meses é ótima, já que estamos com uma alta muito grande no mercado e espero que cresça ainda mais”, finalizou Avelar.


Valorização do imóvel

A gerente comercial de uma empresa de energia solar, Camila Lima, confirma o crescimento desta demanda em 37 municípios da região e conta os benefícios do financiamento.

O valor sai praticamente de graça, se for pensar que você troca o preço da sua conta de energia pelo valor mensal das placas. As placas ainda trazem outros benefícios, como a valorização do imóvel e melhor conforto para usufruir o que se tem, como ar-condicionado, por exemplo, que tantas pessoas possuem, mas não usam por receio da alta conta de energia elétrica. A tendência é que se torne ainda mais acessível com a atual possibilidade de financiar, já que há quatro ou cinco anos, não era uma maneira viável de conseguir”, declarou.

LEIA TAMBÉM: PMP já gastou mais de R$1,5 mi em ações contra a covid-19