Destaques Política

Delfinópolis e Carmo do Rio Claro elaboram plano de saneamento

Adriana Dias / Redação

28 de junho de 2021

Em Delfinópolis a equipe da SanBas/UFMG realizou a pesquisa de campo para levantar as demandas em saneamento

DELFINÓPOLIS – Carmo do Rio Claro e Delfinópolis estão em fase de elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB). As duas cidades foram as únicas da região entre os 30 municípios mineiros contemplados, em 2016, em um Edital publicado pela Fundação Nacional de Saúde (Funasa) para elaboração gratuita do PMSB, que é realizada no âmbito do Projeto SanBas, feito pela Funasa e elaborado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

A universidade coordena equipes de profissionais que atuam no suporte às prefeituras, na mobilização social, e a na elaboração efetiva dos documentos que fazem parte do PMSB, instrumento de planejamento, que visa a promoção da saúde e a melhoraria da qualidade de vida da população, através da prestação de serviços de saneamento básico para toda a população urbana e rural do município de maneira adequada às características territoriais, socioeconômicas, ambientais e culturais.

Além de Carmo do Rio Claro e Delfinópolis, também receberam seus PMSBs concluídos até março de 2021 os municípios de Cristais, Cruzília, Novorizonte, Pains, Turvolândia, Luislândia, Guaxupé, Lambari, Estiva, Rio Pardo de Minas.

Em Delfinópolis o processo de elaboração do Plano está na fase inicial de comunicação e mobilização social. O primeiro passo foi a formação do Comitê Executivo, instância formada por representantes da Prefeitura Municipal e de prestadores de serviços, com a tarefa de fornecer informações e dar o suporte institucional e o acesso a documentos que a Equipe UFMG/Projeto SanBas requer para desenvolver seu trabalho de elaboração do PMSB. O segundo passo será a formação do Comitê de Coordenação, instância consultiva e deliberativa formada por representantes do poder público e da população, que terá a função de acompanhar a elaboração e emitir pareceres de aprovação sobre cada um dos produtos que compõem o PMSB.

Para isso, a prefeitura está divulgando uma pesquisa para saber a opinião da população sobre a situação do Saneamento Básico no município e pede a colaboração para o preenchimento de um formulário on-line, que pode ser acessado em https://cutt.ly/Pesquisa_saneamentobasico_Delfinopolis.

De acordo com a coordenadora do Comitê Executivo e secretária municipal de Meio Ambiente de Delfinópolis, Estefânia Luciana Martins de Melo, a pesquisa junto à população teve início nesta semana e segue até o dia 31 de agosto de 2021. Esta pesquisa tem como principal objetivo coletar informações sobre a situação de acesso ao saneamento básico nos bairros, distritos e comunidades do município de Delfinópolis, que serão apresentadas no Produto C (Diagnóstico Técnico-Participativo) e no Produto D (Prognóstico do Saneamento Básico) do Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB) de Delfinópolis.

“É a partir deste plano que poderemos pleitear melhorias para o município trazendo mais qualidade de vida ao delfinopolitano. Esse plano visa mapear os pontos positivos e negativos perante o saneamento e com isso a prefeitura pode investir em infraestrutura adequada”, afirmou Estefânia.

Ainda conforme a secretária, o plano vai caracterizar o que se refere ao abastecimento de água, ao esgotamento sanitário, ao manejo de resíduos sólidos e à drenagem e manejo das águas pluviais (águas de chuva).

“Na prática, todos os municípios precisam do plano, tais quais os planos diretores das cidades. E, neste caso, o PMSB contempla isso e ainda impõe metas a curto, médio e longo prazos. O plano tem duração de 20 anos e, claro que a cada 4 anos vai sendo reavaliado e atualizado, mas como estamos fazendo esta pesquisa de campo, poucas questões deverão ser revisadas”, informou.

Objetivo é possibilitar ações de médio e longo prazo

Carmo do Rio Claro – A bióloga e consultora do Projeto SanBas/UFMG, Cristiane Alcântara, em entrevista nesta sexta-feira, 25, disse à reportagem que estava em Carmo do Rio Claro onde também está sendo realizada a pesquisa para a elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB).

“Os planos de saneamento básico são instrumentos que têm a finalidade de possibilitar que a realização das ações de saneamento básico faça parte de um processo de planejamento de médio e longo prazo, e que a proposição de projetos e obras decorram desse planejamento, pautada por ampla discussão com a sociedade”, explicou Cristiane.

O município de Carmo do Rio Claro também está divulgando uma pesquisa para dar suporte à elaboração do PMSB e a população pode acessar e preencher o formulário online disponível em https://cutt.ly/Pesquisa_saneamentobasico_CarmodoRioClaro. A consultora informou ainda que tanto em Carmo do Rio Claro como em Delfinópolis devem ser entregues em março de 2022.