Destaques Esporte

Daniel Guedes deve deixar o Cruzeiro

5 de novembro de 2020

Guedes será contratado a pedido do técnico Enderson Moreira, que já levou o volante Ariel Cabral para o Goiás. / Foto: Divulgação

BELO HORIZONTE – O lateral-direito Daniel Guedes está próximo de se despedir do Cruzeiro. O atleta de 26 anos recebeu uma proposta do Goiás e aguarda liberação da diretoria celeste para fazer exames médicos e assinar contrato. Faltam alguns detalhes para o acordo ser oficializado. Guedes será contratado a pedido do técnico Enderson Moreira, que já levou o volante Ariel Cabral para o Goiás. A assessoria do Cruzeiro informou que “não comenta especulações ou eventuais negociações que não estejam concretizadas”.

Em apenas sete jogos com a camisa do Cruzeiro (quatro derrotas, dois empates e uma vitória), Guedes recebeu três cartões amarelos e não marcou gol. Cedido pelo Santos por empréstimo até dezembro de 2021, o jogador foi anunciado pelo Cruzeiro no dia 19 de agosto.

O lateral estreou em 19 de setembro, na derrota para o CSA por 3 a 1, em Alagoas. Antes disso, seu último jogo havia sido em 22 de setembro de 2019, ainda pelo Goiás, onde atuava por empréstimo. A ausência de Guedes nos campos foi motivada por uma suspensão preventiva por doping. Em setembro de 2019, um exame apontou o uso de substância higenamina durante partida entre Goiás e CSA, pelo Campeonato Brasileiro, o que afastou dos gramados.

Em audiência no Tribunal de Justiça Desportiva Antidopagem (TJD-AD), realizada em julho, Guedes se livrou da primeira etapa do processo. Dois dos três auditores presentes votaram pela aplicação dos oito meses de suspensão – já cumpridos – ao lateral-direito. Um deles votou para absolver totalmente o atleta. A liberação para retorno aos gramados, portanto, foi unânime. Se tudo for acertado entre as partes, Daniel Guedes voltará ao Goiás, clube que defendeu em 2019. Os direitos econômicos do atleta pertencem ao Santos.