Destaques Geral

Curso de Higiene do Lar é direcionado a proprietários de pousadas no Carmo

12 de agosto de 2020

O curso tem a parceria da prefeitura através da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo. / Foto: Divulgação

C.R. CLARO – O Sindicato dos Produtores Rurais de Carmo do Rio Claro e o Sistema Faemg/Senar/Inaes realizam em Carmo do Rio Claro o curso de Higiene do Lar, direcionado aos proprietários de pousadas e hotéis. O curso tem a parceria da prefeitura através da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo.

Além dos cuidados com a saúde, meio ambiente e segurança no trabalho o curso aborda procedimentos corretos de limpeza e higienização em paredes, pisos, móveis, entorno das propriedades e apresenta soluções econômicas e eficientes para a realização dos processos de limpeza. Essas questões ganharam ainda mais evidência, nos últimos meses, em decorrência dos processos de limpeza e desinfecção necessários ao combate do coronavírus.

Participam da capacitação funcionários das Pousadas Jatobá e Paraíso do Carmo, que estão situadas na zona rural. Com duração de três dias e carga horária de 24 horas, o curso é ministrado por Nycole Israel.

Carmo do Rio Claro tem o turismo como uma de suas vertentes econômicas. O município é conhecido pelas belezas naturais, pois é banhado pelo Lago de Furnas, por seu artesanato e doces. As atividades dos hotéis e pousadas estavam suspensas desde o mês de março e foram retomadas no último dia 3 de agosto com capacidade reduzida em 50%. O município segue o programa Minas Consciente, lançado pelo Governo do Estado de Minas Gerais, para as ações de prevenção contra o Coronavírus.

Pousadas e hotéis da cidade já estão recebendo turistas

C.R. CLARO – Conforme autorizado pelo protocolo Minas Consciente do governo do Estado, as pousadas e hotéis em Minas Gerais poderão voltar a receber hóspedes vindos de outras cidades com no máximo 50% de sua ocupação total. Em Carmo do Rio Claro o setor hoteleiro, que tem cerca de 700 leitos, vinha trabalhando apenas com hóspedes prestadores de serviço desde março quando teve início a pandemia do coronavírus.

Para que seja autorizada a entrada, o turista terá que apresentar um comprovante de reserva no hotel ou pousada.
Andreia Aparecida Bento, Secretária Municipal de Cultura e Turismo, disse que, “não está sendo fácil passar por este momento, mas, admirar a beleza natural de nossa cidade nos faz acreditar que o pior já passou. Sabemos que os cuidados ainda são necessários, mas, estamos prontos para recebê-los. Com responsabilidade, vamos vencer mais este desafio”.