Destaques Esporte

Cruzeiro já perdeu 13 das 23 contratações para 2020/21

13 de janeiro de 2021

Arthur se transferiu para o Japão após cinco meses na Toca. / Foto: Divulgação

BELO HORIZONTE – Com a transferência de Arthur Caike para o Kashima Antlers, do Japão, nesta terça-feira, o Cruzeiro aumentou a lista de reforços que deixaram a Toca da Raposa II antes do término da temporada. Das 23 contratações para 2020/21, onze jogadores já não fazem mais parte do elenco celeste. Os outros dez nomes são: Daniel Guedes, Giovanni Palmieri, Roberson, Everton Felipe, João Lucas, Jean, Jhonata Robert, Marllon, Angulo, Matheus Índio, Gui Mendes e Régis.

Os reforços começaram a chegar à Toca da Raposa II ainda em janeiro do ano passado, quando o clube era administrado pelo Conselho Gestor. Desde junho de 2020, quando tomou posse, o atual mandatário, Sérgio Santos Rodrigues, liderou outras 12 movimentações de mercado: Raúl Cáceres, Claudinho, Airton, Arthur Caike, Daniel Guedes, Gui Mends, Giovanni Palmieri, Matheus Índio, Rafael Luiz, Giovanni Piccolomo, William Pottker e Rafael Sobis.

Dos nomes contratados na gestão de Sérgio Rodrigues,  quatro já não fazem mais parte do elenco principal: o lateral-direito Daniel Guedes, em situação indefinida; o atacante Gui Mendes, integrado ao time sub-20; o lateral-esquerdo Giovanni, que treina separadamente; o meia Régis, além do atacante Arthur Caike. O número de reforços do Cruzeiro na temporada não leva em conta os retornos do zagueiro Manoel, do lateral-esquerdo Patrick Brey, dos volantes Jadson e Henrique, do meia Marquinhos Gabriel (que já deixou a Toca) e do atacante Sassá.